Blogger

SER BLOGGER || É SUPOSTO SER FÁCIL?

Olá Nossos Devanienses!

 

Comecei a trabalhar para hoje puder ser Blogger desde o dia dez de Janeiro de dois mil e doze. Mais de sete anos. Nada é dum dia para o outro. Valeu a pena? Ainda vale a pena? CLARO QUE SIM!

Os artigos demoravam entre seis a oito horas a serem feitos. Actualmente são cinco horas e meia e alguns meio dia. Dá trabalho? Claro que dá. Tudo que é bom dá trabalho. Temos o compromisso convosco de ter aqui artigos diários à uma da manhã. Gostamos de cumprir.

A Francisca está-me a provocar. Está a questionar o que me custa mais. Claro que há sempre algo menos bom. Como já referi, detesto divulgar. Estou a pensar em dar ainda mais CheeseBurgers à Francisca para ela fazer essa parte. Porém, quem só quer a parte boa das coisas não tem a noção a cem por cento das coisas.

 

Bloco De Notas, Tabela, Decoração, Notas, Bloco De Escrita, Escrever

 

O facto de só escrever sobre temas dos quais me sinto à vontade, não quer dizer que seja fácil. É um trabalho. Por vezes dá brancas. Por vezes falha. Por vezes há contratempos.

O nosso tempo tem de ser gerido. Gerido da melhor maneira. A Francisca tem outro trabalho. Eu tenho o curso (Ser Estudante é uma profissão), tenho o Business Online e projecto que já deveria ter acontecido no mês passado, mas o computador duma menina não deixou. Acontece. Há PC que nos odiam, simplesmente.

Gerir sem desculpas é o segredo. Todos temos o nosso ritmo. Porém, procastinar é um erro que mina qualquer sonho.

Não, não é fácil ser Blogger. Nem tem nada para ser, pois não existem profissões fáceis.

Beijinhos

Miss L

SOU LINDA, MESMO || RELATO DUMA “CONVENCIDA”

Olá Nossos Devanienses!

 

 

Vamos analisar estes dois diálogos.

Ele: És linda.

Eu: Eu sei.

Ele: Que convencida!

 

Ele: És linda.

Eu: Eu sei.

Ele: Ser linda não significa humildade.

 

Meus caros, se é para responderem isto, FAÇO O DIÁLOGO SOZINHOS! Nem faz sentido, só estou a concordar com o óbvio.

Que Sociedade machista!

Faz de novo, faz melhor!

 

Escadas, Sapatos, Tênis, Sola, Sapatos Esportivos, Figurões

 

Não diminuam as mulheres. Elas não são menos mulheres só porque sabem que são lindas. AINDA BEM QUE SABEM! Convivem com elas próprias vinte e quatro horas por dia. Como não saber? Sabem, mesmo! O erro não está na mulher que sabe que é linda, está em si que queres diminui-la!

É para ser mentirosa e falsa?! É isso que queres, Sociedade?! EU NÃO POSSO SABER QUE SOU LINDA?!

Esta Sociedade quer atrasados mentais?!

 

Mulher, Loira, Cabelo, Pintado, Colorido, Cores

 

-Mas mulher não pode…

-Mulher não pode o quê?! Só porque é mulher? Nos poupe que ainda vai a tempo.

-Está-se achando? Nem é tudo isso!

-Claro, meu amor, sou muito mais do que os seus olhos conseguem ver!

Só parem enquanto é tempo!

AS MULHERES SÃO LINDAS, SIM!

Beijinhos

Miss L

A BALANÇA REALMENTE IMPORTA? || RELATO

Olá Nossos Devanienses!

 

Cérebro, Cabeça, Psicologia, Mente Fechada, Concentração

 

Hoje iremos escrever sobre a maldita balança. Sim, maldita. Achas mesmo que a balança define alguma coisa além de Rótulos Sociais? Pois, lê o artigo até ao final e tenta não julgar precocemente. A balança só define números. Óbvio que só estou a referir-me à parte estetica.

Irei falar de mim. Eu não sou padronizada. Simplesmente, a Sociedade faz demasiados robots. Não sejas infeliz só porque a Sociedade te obriga. Não te podes medir por uma balança! A minha luta não tem nada a ver com isso. Tens de te sentir bem contigo, independentemente do que a Sociedade te tenta submeter.

SÊ FELIZ E SAUDÁVEL!

 

Xícara, Livro, Café da Manhã, Ler, Plano, Xícara de Café

 

“Mas tu dizes que aceitas o teu corpo actualmente, mas andas a tomar packs de emagrecimento.”.  Verdade e não escondo, bem pelo contrário. Eu estou a tomar, sim! Não porque quero seguir padrões, mas sim porque faz parte do meu negócio e tenho de saber como funciona os produtos que recomendo. NADA MAIS DO QUE ISTO! Porém, se fosse com sabor a café, eu não iria tomar, nem recomendar, porque eu detesto café.

Eu nunca irei aconselhar algo que eu não conheço! Sim, eu tenho recebido comentários que estou mais magra. Também já me disseram que eu estou a perder a minha grande raba.

A minha saúde está óptima.

Recebo alguns comentários menos bons. O que importa? Não mudes pelos outros, muda por ti. Quanto aos outros, vão-se informar. AS PESSOAS PODEM SER FELIZES E SAUDÁVEIS SEM SEGUIREM OS PADRÕES E NÃO TEM NADA DE MAL NISSO.

Beijinhos

Miss L

RELATO DUMA PESSOA ANSIOSA || ESTOU IRRITADA

Olá Nossos Devanienses!

 

Cérebro, Mente, Psicologia, Idéia, Desenho

 

Eu já tinha escrito um artigo sobre. Eu sou ansiosa desde que me lembro. Uma das coisas que faço é abanar a pena quanso estou sentada. (Não) peço desculpa a quem se sentiu incomodado. Inclusive agora estou a fazer isso.

Sabe a questão que me irrita mesmo? “Já tentaste ficar calma?”. Ajudou imenso. Vou tentar. É a sério? Esperem. Já tentei. Passou. Grata.

Se não sabes lidar com alguém que é ansioso, não digas nada. Tu não és um anjo enviado! Não és um génio! Respirar fundo não ajuda. Está bom? Não tem como. Um beijo.

 

Estresse, ansiedade, depressão, infeliz, preocupado, problema

 

Não entendes? Óptimo, mas respeita e não digas disparates. Nenhuma pessoa é ansiosa porque quer. Já agora querem que eu pare de hiperventilar quando estou ainda mais ansiosa? É só pedir. Sou uma caixa de pedidos! Tu não me irrites!

Eu sou fácil de irritar. É triste.

Não irritem uma pessoa ansiosa. Grata. Depois a culpa é da pessoa ansiosa, porque ficou irritada com os TEUS disparates. A culpa é sempre dos outros. Já pensaste que se mantesse a boca calada, a pessoa ansiosa não se irritaria? Por favor, não sejas esta pessoa.

Beijinhos

Miss L

SER EMPREENDEDORA || ZERO DESCULPAS

Olá Nossos Devanienses!

 

Escritório, Notas, Bloco De Notas, Empreendedor, Mão, Secretário

 

Querida Produção tragam, por gentileza, os CheeseBurgers da Francisca e a àgua para mim. Sim, Francisca, estou a ficar mais saudável. São escolhas. Tudo na vida são escolhas. Há quem escolha as desculpas.

Vamos começar por esse ponto, as desculpas. As desculpas só servem para ficarmos no mesmo sítio. Mais nada. E os “ses” podem ir pelo mesmo caminho. Só servem para atrapalhar e incomodar. Se quiserem e só se quiserem ir mais longe, tirem os “ses” e as desculpas da vossa vida. Só se não quiserem uma vida estagnada. Se quiserem, continuem. A escolha é só vossa.

Quando me refiro a “ses” é no sentido de “E SE corre mal?”, “E SE eu não consigo?”, “E SE der tudo mal?”. Por ai vai. A minha questão é: E SE estás com o/a Crush e tens uma crise de diarreia? Acontece. Não saberias se não estivesses com o boy ou a girl. Os “ses” não são mais seguros. São bloqueios tal como as desculpas. Gostas de ter bloqueios na tua vida? Continua.

 

Empreendedor, Startup, Start-Up, Mulher, Planejamento

 

Pensar pequeno. Assassina qualquer Empreendedor. Nenhum Empreendedor pode pensar pequeno. Acomodar-se. Procastinar. Pensar que tudo é a curto prazo. Desistir facilmente. É completamente proíbido para quem quer ser Empreendedor.

Nunca serás Empreendedor do dia para a noite. Nunca serás Empreendedor se não começar. Nunca será Empreendedor se desistir. São factos.

Os Empreendedores nunca olharão para o dinheiro como único ganho. Nunca. Os Empreendedores sabem que o Salário Mínimo não é o Salário Máximo. Sabem que o dinheiro é a base de todos os trabalhos e não passa disso. Um Empreendedor fica feliz por fazer a diferença.

 

Escritório, Negócios, Papelada, Documento, Laptop, Agenda

 

Um Empreendedor tem metas realistas a curto, médio e a longo prazo. Um Empreendedor lê bastante. Um Empreendedor é interessado. Um Empreendedor tenta de novo e de novo e de novo e de novo. Como diz Felipe Neto “Se é o teu sonho, tenta de novo.”.

Um Empreendedor não acha que trabalha muito tempo, mas sim o tempo necessário. Ficar a noite em claro só para encontrar uma solução. Sim, uma solução e nunca mais um problema. Problemas todos temos. Um Empreendedor sabe que não existe a sorte, nem o azar. Imprevistos todos temos. Desafios.

Nenhuma meta é definitiva. O que hoje faz sentido para ti, amanhã pode não fazer e está tudo bem. Tu mudas todos os dias. Tu redefines-te e há coisas já não fazem sentido. É super natural. É mau sinal quando não acontece. Tu não és a mesma pessoa de ontem. Quando me refiro a “ontem” é no sentido figurativo. Convém que tenhas evoluido como pessoa. Não é obrigatório como não é obrigatório ser Empreendedor, Médico, Blogger ou Farmacéutico. Tens de ser aquilo que acreditas, nem que seja um preguiçoso que passa o dia no sofá a dormir. É a tua escolha.

 

Plantas, empresário, mãos, laptop, macbook

 

Outra coisa importantíssima, vão existir sempre pessoas que querem que o teu sonho acabe. Algumas não fazem por mal. Só algumas, claro. Concorda com tudo o que dizem, não discutas, não percas tempo. Segue a tua vida e o teu sonho. Elas não conseguiram, porque não quiseram. Ouve apenas quem está no topo dos teus sonhos. Quem conseguiu atingir aquilo que tu também queres. Pensa: Quem não conseguiu ou não está nesse caminho tem ferramentas para te ajudar positivamente? Dizer que o teu sonho é errado não é ajuda alguma. Não deixes que tentem estragar o teu sonho. Não percas tempo, nem energias com isso. São obstáculos. Tens duas soluções validas: Continuas ou desistes.

Nada se constroí do nada. Nada acontece num estalar de dedos.

Se demorares um ano, demoras. Dois. Três. Quatro. Dez. Vai valer a pena se não desistires. Se usares o tempo a teu favor sem desculpas. Lembra-te: O Domingo é um dia como outro qualquer. Rompe tabus! Rompe preconceitos! Vai ao teu ritmo, mas usa bem o teu tempo. Vê vídeos motivacionais sobre o tema. Tira apontamentos.

Começa. Não desistas. Luta!

Beijinhos

Texto Pessoal

VAMOS DECLARAR O CHECK-MATE? || TEXTO PESSOAL

Olá Nossos Devanienses!

 

Realização, Adulto, Batalha, Preto, Conselho, Negócios

 

Sim, eu te liguei. Gostaria de te falar sobre a nossa noite de ontem. Eu sai para ir trabalhar em qualquer lugar. Qualquer lugar. Qualquer lugar. Qualquer lugar. Esperavas um dos nossos banquetes. Paté de atum para te conquistar o estômago. A tua beleza rara e o teu beijo de chocolate. A tua calcinha de renda. Estou cheia de trabalho. Tu estavas para mim e eu não. Sim, ontem vacilei. Deixa-me só pedir-te em casamento. Vamos no tapete voador do Aladdin para o Caribe?

Esquece! Esse tempo já passou. Para tu ficares, não basta este sentimento. Sim, ele é puro. Os meus trabalhos pedem cem por cento da minha atenção tão distraída. Esta percentagem já não bate certo. Não pode bater certo. Não! Não! Não! Estou a pensar em sair daqui e beber um chá branco. Vou deixar a vida de lado. Marca este check-mate! Faz disto um empate. Faz disto um empate. Faz disto um empate.

O Sol nasceu no Japão? Eu estou aqui. Acompanhas-me? Não te vou dar flores, tu não estás morta, nem te vou levar a jantar ao pé do mar. Não, o mar está cheio de urina de pessoas mal educadas! Não, não venhas. O meu Mundo vai pedir a minha atenção de novo. A minha vida está uma correria. Sim, eu lembro-me. Os lençóis da noite que foram beijados pelos primeiros raios de Sol. Passou assim tanto tempo? Deixa para lá. Não penses nessas noites de directas. Talvez nós nos encontrarmos do outro lado do meu telemóvel.

 

Homens, Mulheres, Vestuário, Casal, Pessoas, Feliz, Amor, Animal de estimação

 

Ligas-me no facetime. Não, eu não tenho tempo. Sim, é verdade, eu só quero escrever e ouvir uma boa música. Talvez os Cinco Idiotas! O meu sonho levou-me para longe de casa. Estou a trabalhar como uma louca? Talvez. É o meu sonho. A minha escolha. Dezanove horas por dia. Dez folhas por hora. Está tudo na minha mente. Aquela Lua ali? Sim, estou vê-la. Tu a queres? Não sei se te posso dar. Nem o calor do Sol, nem a força daquele mar. Força? Está tão destruído! Não, não me peças nada. Não é suficiente? Podes ir embora.

Talvez, o Mundo quer fazer com que te esqueça. Talvez não sejamos compatíveis. Nas voltas do Mundo talvez te reencontre. Coincidências? Talvez. Tu nunca ligaste para estas aparências. Nós temos mais química do que o que o  Professor tentava ensinar nas aulas.

Vamos declarar o check-mate?

Vamos fazer disto um empate?

Beijinhos

Miss L

EU SOU TROUXA || CASO REAL

Olá Nossos Devanienses!

 

Meninas, Lésbicas, Melhores Amigos, Feminino, Senhoras, Mulheres

 

Sim, eu fui trouxa. Tu estavas sem rede no dia do nosso aniversário. O quê que a trouxa aqui pensou? Pois, que estavas a preparar uma surpresa. Cheguei ao apartamento e nada. Passaram as horas. Vinte. Vinte e uma. Vinte e duas. Estava a ficar nervosa, pois o tempo estava esgotando para qualquer surpresa. O dia é da meia-noite às vinte e três e cinquenta e nove. Tu ligaste. Faltava meia hora para o dia acabar. Estavas atrasado e tal. Questionaste se podiamos celebrar no dia seguinte. Acabei. Chorei até adormecer.

Beijinhos

Texto Pessoal

O VI E A CA || TEXTO PESSOAL

Olá Nossos Devanienses!

 

Amor, Dia dos namorados, Romântico, Coração, Vintage, Velho

 

Tu apareceste de repente. Cantaste uma música só para mim. Uma música encantada. Escrita por ti. Eu sorri. Deste-me um selinho, sorriste e fingiste que ias embora.

-Então, Vi, o quê que tu queres?, sorri.

Nem eu sei o que quero. Voltaste. Tu sorris como as criancinhas de vinte anos. Pois, tu tens vinte anos. Leonino. Pedes para tirarmos uma fotografia juntos. Vamos fingir que somos Namorados nas Redes Sociais. As tuas fãs vão-se passar.

 

Pôr do sol, Beijo, Casal, Amor, Romance, Romântico

 

-Vamos tirar uma fotografia que mostre que só estou contigo por interesse, Vi.

Saliento a raba numa pose, levanto a cabeça para olhar para ti nos olhos, pois és bem alto. Pisco o olho e ponho a língua de fora. Tu inclinas-te e pões a tua de fora também. Um Colega meu tira a fotografia.

-Eu coloco a tua legenda, Vi. Tu colocas a minha.

“Se o sonho fosse magia, tu serias a minha Fada Madrinha. Vem, Ca. Fica, Ca.”

Ele escreveu simplesmente “Vi” e colocou um coração.

 

Vinho Tinto, Óculos, Lareira, Vermelho, Vinho, Álcool, Bebida

 

-Vi, marca-te. Na tua fotografia, marcas-me na segunda.

Tiramos mais uma fotografia com o maior sorriso. Colocamos a legenda igual.

“O Vi é a vadia da Ca e a Ca é a vadia do Vi.”.

“A Ca é a vadia do Vi e o Vi é a vadia da Ca.”.

Rimo-nos com complicidade. Convidas-me para jantar.

-Sim. Vem-me buscar às dezassete, Vi.

-Sabes que não falho, Ca.

Um abraço bem forte.

-Vi, tenho frio. – faz um ar triste.

Tu tiras a camisola. Tens uma t-shirt por dentro. Eu cheiro e visto.

-Vi, parece que o teu coração ficou aqui.

-Ca, não tens de devolver. Dorme com ela. Lembra-te de mim. Sempre.

Sorris e sais.

Beijinhos

 

Texto Pessoal

ELE ESTÁ APAIXONADO || TEXTO PESSOAL

Olá Nossos Devanienses!

 

Margarida, Coração, Flores, Coração Flor, Primavera

 

Era suposto ser trabalho. Sim, ele está apaixonado. É uma criança de vinte anos iludida. Sim, ele está apaixonado. Ele é de Leão. Sim, ele está apaixonado. Ele roubou-lhe um beijo. Sim, ele está apaixonado. Ela é de… Carneiro. Ela nega a intensidade dos beijos. Sim, ele está apaixonado. Ela diz que ele não desiste. Sim, ele está apaixonado. Ele acha que houve química. Sim, ele está apaixonado. Ele acabou com a Namorada. Sim, ele está apaixonado.

Para ele, a cena ficou mais bonita. Sim, ele está apaixonado. Ele acha que ela é uma pessoa maravilhosa. Sim, ele está apaixonado.

Alguém citou algo do século XV “Quanto à vida pessoal, evidente que é bissexual, se interessa por homens e mulheres e isto só acabaria se estivesse apaixonada, seja por homem, seja por mulher.”. A bissexualidade acabaria, caso ela exista nessa mulher, se ela se apaixonar por um dos géneros, assim seria, automaticamente heterossexual ou gay. Não faz sentido. Até porque isso não passa dum Rótulo Social. Como se as pessoas tivesse de ser rotuladas como produtos de Hipermercado.

Sim, ele está apaixonado.

Sim, ele está apaixonado.

Sim, ele está apaixonado.

Beijinhos

 

Texto Pessoal

TORNEI-TE UM CLICHÉ || TEXTO PESSOAL

Olá Nossos Devanienses!

 

Coração, Cartão, Pastéis, Figura, Dia dos Namorados, Amor

 

Mostra a tua voz linda para este Mundo tão perdido. O Mundo é dos loucos. Eles perdem-se por tão pouco. Mostra o teu talento. Eu encontre-me em ti. Não, não sei se é destino ou algum outro cliché. Eu fugi disso tudo, pois algo em mim me dizia que íamos ficar juntos. Desculpa, tive medo.

Nós. Até arrepia. Parece aquelas tretas de vidas passadas. É disso que eu tenho medo. Tenho medo, porque parece tão certo. Sabes tão bem como é o final. E eu escrevo-te de forma tão romântica que te torno num cliché.

Deixa-me de parte. Deixa-me. Deixa-me. Deixa-me. Se ficarmos mais juntos, nós casamos e eu levo-te para o meu apartamento. Não me esperes. Não me esperes. Não me esperes. Vamos encontrarmo-nos e ir embora no final. Isto tudo faz-me flutuar.

 

Rosas, Coração, Dia das Mães, Flores, Saudações, Concurso

 

Nem um “oi” hoje de manhã. Eu quero de novo. Sei lá.

Serás só mais um cliché? Eu tornei-te num!

Beijinhos