Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Devaneios de Miss L

09
Out21

FUGIU DO ESQUEMA || CAPÍTULO 3


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

IMG_20150301_043937.JPG

Lurdes disse a Xavier que os Pais dele pediram para o ajudar a evoluir na escrita durante as férias. Ia ficar lá os 3 meses. O Xavier tinha de escrever um conto por dia. Após o jantar, ele tinha de ler o conto e Lurdes mostrava-lhe quais eram os pontos positivos e menos bons. Era uma ajuda mais prática. 

Lurdes foi visitada pela Polícia, mas não deu em nada, principalmente, devido ao Porteiro ter dito que o viu Xavier sair como sempre. Ele fez isso, porque estava lá só para receber o dinheiro ao final do mês e nunca estava atento. Simplesmente, não queria ser chateado, nem despedido. As procuras, para Lurdes, estavam em segundo plano. Aquele Porteiro, mesmo sem saber, ajudou-a imenso. A querida Professora estava livre de suspeitas e assim é que tinha de ser. Além disso, a casa não tinha qualquer tipo de televisão e a criança não tinha telemóvel, logo Xavier nunca saberia que tinha sido raptado. Aliás, os Pais eram muito ausentes, logo Xavier não deu importância ao facto deles nunca lhe ligarem. 

Lurdes parabenizava Xavier pelo seu desenvolvimento. Lurdes estava cada vez mais feliz pelo que fez. Não tinha qualquer tipo de arrependimento, bem pelo contrário. Xavier merecia estar com ela. Xavier só teria vantagens em estar com ela. O dom dele ia evoluir. Que mal tinha isso? Na cabeça de Lurdes, nenhum. Na realidade, tinha. O Pais estavam preocupados e todos os que o amavam. 

Lurdes não sentia que o que fazia era algo cruel, mas sim um favor que estava a fazer a Xavier e aos Pais dele. Além disso, oferecia-lhe alguns livros para o ajudar ainda mais. Sim, para Lurdes era uma ajuda e cada vez olhava mais para Xavier como o Filho que merecia. Em vez de Lúcia, deveria ser Xavier o seu Filho biológico. 

Lurdes estava cada vez mais obcecada. Xavier era dela e só dela. Lurdes prometeu à criança que ele será um grande Escritor. Isso deixava Xavier muito feliz e esperançoso. Ele dizia com orgulho que queria ser Escritor quando fosse mais velho. 

Lurdes estava cada vez mais feliz com o que tinha feito. A cada dia que passava, mais orgulhosa estava do que tinha feito. "Lúcia deverias ter sido assim. Se fosses assim, tudo estaria bem.", pensava Lurdes.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub