Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Devaneios de Miss L

19
Dez20

RESENHA DO FILME || DILEMA DAS REDES SOCIAIS


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Artigo | "O dilema das redes": entre a humanidade e a | Cultura

 

Adorei este documentário. Foi bem resumido. Bem específico. Com bons exemplos. Tem pessoas a contarem como é trabalhar na internet e tem imagens duma Família dita normal. 

Uma miúda chegou ao ponto de partir uma caixa para tirar o telemóvel, pois não conseguia esperar duas horas para a mesma abrir. Partiu o ecrã do Irmão; não se responsabilizou pelo seu acto, pois não foi educada para tal e essa responsabilidade passou para Mãe que por sua vez desafiou o Filho a ficar uma semana sem o telemóvel para ter em troca o arranjo do ecrã. Até uma criança de 5 anos se responsabiliza pelos seus actos se for assim educada. Caso contrário, chega à fase adulta e não tem a miníma responsabilidade sobre os seus actos. Acha que um "desculpa" seco resolve tudo. Dá um encontrou a uma pessoa que está a comer uma sandes de almoço, por exemplo, a mesma cai ao chão e só pede desculpa. Que se lixe aquela pessoa se aquela sandes era a única coisa que ela tinha para almoçar. É a geração de hoje em dia.

O correcto, no caso desta Família, era para começar, acompanhar os Filhos para não chegar a este ponto. Se chegar a este ponto, a Filha tem de ter a capacidade de se responsabilizar pelo que fez sem prejudar ainda mais o dono do telemóvel. Ou seja, pagar o ecrã e facultar outro telemóvel, pelo menos no mesmo nível do que estragou, durante o conserto. Sem esquecer de tratar de todo o processo. Isto sim é responsabilidade. Para a próxima, aprende a esperar. Também esperou para nascer e esse tempo foi passado sem telemóvel! 

Se não dá para dar a educação, também não dá para ter. A criança nasce tem de ser educada. Ponto. Se não tem tempo para educar, não tenha Filhos. Simples.

Uma das personagens acha que perdeu a relação da sua vida, porque não usou tanto o telemóvel.

Referem à auto-estima e o que as redes sociais podem fazer, ou seja, basta um comentário negativo no meio de mil positivos para destruir muita gente. E também refere como mexe com a nossa querida auto-estima e ansiedade. 

Está um documentário fantástico! Vejam!

Beijokitaz

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub