Miss L

NOVA EXPERIÊNCIA || UNHAS DE ACRÍLICO

Olá Nossos Devanienses!

 

 

Quem é a pessoa que não gosta de andar com unhas arranjadas? Eu adoro. Nem sempre acontece, mas adoro. Uma coisa não invalida a outra. Nunca tinha experimentado as unhas em acrílico e essa oportunidade sugiu com a querida Elisa e aproveitei. Tanto a Elisa como o seu co-ajudante são incríveis. Gostei imenso do trabalho e da simpatia.

Logo no início pude beber um chá de menta delicioso. A menina oferece sempre um café, mas como eu detesto, deu-me um chá. Tinha à escolha entre três, mas o de menta é sempre de menta.

O ambiente é muito acolhedor e é perto do MacDonald’s de São Bento, logo podes arranjar as unhas, os pés e fazer a depilação e encontrares-te com o Crush no MacDonald’s sem perderes muito tempo. Come um Veggie por mim!

 

 

As unhas parecem aquelas amêndoa da Regina. Até dá vontade de comer. São bastante delicadas e amorosas.

Os preços são bem acessíveis. As unhas em acrílico são vinte euros, as de gel são dezassete e ambas as manutenções são quinze euros.

Faz tratamentos em parafina a cinco euros. Eu adoro tratamentos em parafita, a pele fica maravilhosa. Já usei numa cicatriz que tenho no dedo e disfarçou imenso.

Faz a depilação feminina completa a treze euros e a masculina a vinte e oito.

Quanto à pedicure completa, a normal é a doze euros e com verniz gel são mais três euros.

 

 

Um conselho: Não sigam o GPS para chegar lá. Eu andei às voltinhas para encontrar. Não há paciência! Mas cheguei à hora combinada, é o que importa. Pontualidade a cima de tudo.

O acrílico é super confortável e o trabalho ficou muito bonito. A escolha do estilo é sempre o mesmo: Bailarina.

Beijinhos

 

Miss L

MUDANÇAS PARA 2020 || MISS L

Olá Nossos Devanienses!

 

Fiat, Fiat 500, Automático, Oldtimer, Veículo, Clássico, Itália

 

Dois mil e vinte chegou e pede mudanças. Aliás, devemos melhorar todos os dias. Mas este ano, estive a pensar e gostaria de fazer algumas mudanças para melhorar ainda mais enquanto pessoa. no final espero ter cumprido tudo ou uma grande parte. São quatro pontos. Quatro pontos importantes para mim e vão-me fazer muito bem se conseguir. Se conseguir ou se tentar. Só se sabe se se consegue se tentarmos.

Vou colocar por tópicos e explicar cada um deles.

-Perder o medo de conduzir e comprar um carro.

Este é dois em um, pois um não faz sentido sem o outro. Se eu tiro aulas de condução sem carro é o mesmo de comprar um carro e não ter aulas.

Vamos começar do início. Eu passei na teórica com três. Alterei uma resposta no final. Não sei se foi bom ou mau, mas passei. Aliás, passei tudo à primeira.

O pior foi o Instrutor que me calhou no exame. É Instrutor que se chama? Whatever. Era um velho autêntico. Mal educado que só visto. Ele gritou-me durante o exame. Eu comecei a chorar. Eu tenho ansiedade, é verdade. Pensava que ia chumbar. Pior, estava no limite dos seis meses. Se chumbasse, teria de fazer tudo de novo. Passei e nunca mais consegui conduzir. Resumindo, ganhei medo. E eu achava que o mais fácil era estacionar.

Pior de tudo é que eu tirei a carta no dia trinta e um de Março de dois mil e nove. É verdade. Vai ter de ser este ano. A Enfermeira K já me tentou ajudar, mas vai ter de ser mesmo numa Escola de Condução. Faz sempre falta. Adormecer, precisar de ir às Urgência, etc. É uma mais valia.

 

Laptop, computador, negócio, tabela, papel, flores

 

-Não me preocupar tanto com as mudanças, rotinas.

Eu sou a Louca dos Signos e vou justificar-me com o meu Signo, porque posso. Eu sou de Touro e, como tal, amo rotinas. Até trabalhar em turnos rotativos exige uma rotina. Se de repente alguém me diz que o meu departamento vai reduzir e eu tenho de ir para outro, actualmente, ao primeiro aviso é entrar em pânico. Pensar em como vou pagar as minhas contas. Em vez de respirar e pensar “Calma, é só uma mudança de departamento. Vais aprender coisas novas. Vais crescer. Vais evoluir. Pode até ajudar-te a chegares onde queres.”.

Mas para mim, não existe a palavra “calma”. Da segunda vezes, estou stressada, mas não estou em pânico quase a chorar. Vou mudar de departamento? Óptimo! É um trabalho completamente diferente? Perfeito! É uma área que ando a fugir? Paciência. Ficar sem o trabalho é pior. Para mim o trabalho é oxigênio, por isso, tenho mais do que um.

O meu objectivo é lidar melhor com as coisas. Vão reduzir o pessoal e mandar para outros departamentos? Okay. Posso mudar isso? Não. Então, paciência. Se há uma mudança é porque tem de ser feita. Pode até ser bom para mim e eu não conseguir ver. Eu quero ver. Sim, Francisca, eu sei que ser miope não ajuda.

Não está nas minha mãos, stressar não é a solução. Vou-me prejudicar em vez de aproveitar a mudança. Vou aproveitar cada mudança!

 

Escritório em casa, Estação de trabalho, Macbook Air, Notebook, Escritório

 

-Não vou perder energias a explicar a quem não quer entender que ser Blogger é um trabalho de vinte e quatro horas por dia de Domingo a Domingo, principalmente porque o Blog é de Lifestyle

Não vale a pena tentar mostrar que ser Blogger é uma profissão a quem não quer aceitar. É perder tempo. Tempo esse que posso usar para trabalhar. “Tens de tirar férias.”, “Trabalhares oito horas por dia já é muito.”, “Não deves trabalhar aos Domingos e feriados e ao Sábado já é pedir muito.”. Esse tipo de pessoas não vale a pena, pois elas não querem entender. Se não querem, problema delas. As pessoas do século vinte e um sabem que ser Blogger é uma profissão. Sabem o tempo que exige. Sabem, pelo menos, respeitar.

Temos o compromisso de trazer para vocês um artigo todos os dias à uma da manhã. Fazemos de tudo para não falhar. Se fosse fazer o que os outros querem, este Blog não existiria. Este Blog faz parte de mim! Logo não faz sentido, perder tempo com essas pessoas.

Eu sei o valor do meu trabalho. Sei o que faço para atingi-lo. Sei que não engano os nossos Leitores. Sei todos os passos que dou para realizar cada artigo. O resto é resto.

 

Fallow Deer, Bull, Hirsch, Roe Deer, Portrait, Funny

-Não vão com a minha cara, sem me conhecerem, paciência!

Não sei se já te aconteceu, uma pessoa dá-te um óptimo conselho. Ficas muito agradecida. Passas por essa pessoa, cumprimentas e ela ignora. Tu ficas do género ” O que aconteceu?”. Deixas de falar com a pessoa, sempre que ela está próxima, o clima fica pesado. Mas respeitas. Porém não te sai da cabeça “O quê que eu fiz ou disse?”. Uma semana depois alguém diz-te “Talvez não te ouviu.”. Tu ficas “E se for verdade, o que faço? Se volto a falar com a pessoa, vai achar que sou maluca.”. Arranjas o contacto da pessoa e mandas mensagem, muito suave, “Oi. Não temos falado, mas gostaria de saber se está tudo bom contigo…”. Três minutos depois mandas (Porque a outra pessoa dos conselhos alertou-te) “Desculpa, sou a fulaninha.”. A pessoa não te responde, continua a ignorar-te quando antes falava contigo na boa. E tu ficar “What?!”.

Tu existes, és um ser maravilhoso, e a outra pessoa ignora-te? Não é possível. Vais perder energias com isso? Nem pensar!

Quem perde é outra pessoa, pois se tu tiveste de arranjar o número é porque nem te conhece. Não deu a hipotese de te conhecer de verdade, esquece. Passa à frente. Eu vou passar à frente. É o melhor para mim. É o melhor para ti.

Quem não te quer conhecer, problema dela. Mas mais vale, não falar contigo do nada do que inventar coisas sobre ti.

Vive a vida. Vive feliz!

São estes os meus pontos. Até para o ano para verificar se os cumpri (ou antes, pois tudo é um tema, se nós quisermos – Eu, Francisca e Produção).

Beijinhos

Miss L

UMA NOVA ROTINA || 2020

Olá Nossos Devanienses!

 

Hora Do Chá, Poesia, Café, Leitura, Lazer, Tabela, Copa

 

Querida Produção tragam, por gentileza, os CheeseBurgers para a Francisca e chá para mim.

Pois é, meus queridos, Devanienses, este dois mil e vinte chegou com uma nova rotina. Comecei, logo no dia um, a beber chá todas as manhãs antes do cereais.

Porquê que eu comecei a beber chá todas as manhãs?

Eu amo chás e assim é uma maneira de beber logo pela manhã. Eu sei que tenho ansiedade e que não deveria beber, mas se eu fosse cem por cento certinha, não seria eu. Não é tabaco, não é um charro. É chá. Logo, não é assim tão ruim, eu acho.

É algo que eu gosto do sabor. É algo que não me faz muito mal ( devido à ansiedade). É algo que não prejudica terceiros. É algo que me faz sentir bem. É algo que me faz mais feliz!

Beijinhos

Miss L

EU NÃO PERTENÇO A ESTA SOCIEDADE || MISS L

Olá Nossos Devanienses!

 

 

Bola, volta, sozinho, diferente, diversidade, vidro

 

Primeiramente, peço à Produção tragam, por gentileza, os CheeseBurgers da Francisca e chá para mim, por gentileza.

Literalmente, eu não pertenço a esta Sociedade. Eu nasci nos anos noventa e não fumo, não bebo café, não saio à noite, não como carne, não bebo leite de vaca, leio e não vejo televisão.

Simplesmente, eu detesto o sabor do café. Para as minha papilas gustativas tem um sabor horrível. Então, eu não bebo.

 

Crianças, tv, criança, televisão, casa, pessoas, menino

 

Não saiu à noite, pois uso as noites para descansar para trabalhar no dia seguinte. E não estou para gastar o dinheiro que ganho nessas coisas. Ponto.

E quanto à televisão, eu considero desinformação. Até porque, todos sabemos (até quem não admite), o dinheiro compra notícias.

E outro ponto: Eu não estou a escrever este artigo para influenciar NINGUÉM, só estou a mostrar a quem me segue como eu sou. São coisas diferentes.

Beijinhos

Miss L

I DON’T NEED A MAN || MISS L

Olá Nossos Devanienses!

 

Pessoas, homem, mulher, segurar passa, pôr do sol, vista

 

Realmente, Francisca, estou com fome. Por gentileza, Produção mais linda, tragam os CheeseBurgers da Francisca e um Veggie e uma Pepsi para mim. Grata.

Em conversa com uma menina muito querida, surgiu este tema que partilhamos: Nesta fase da nossa vida, não precisamos de homens. Se quiserem acrescentar, tudo bem. Se quiserem atrapalhar e cobrar, podem ir passear.

Basicamente, estamos focadas nos nossos trabalhos. A menina está a acabar o estágio.

 

Mãos, Coração, Casal, Mulher, Homem, Pessoas, Amor, Símbolo

 

Há pessoas que pensam que toda a gente tem a vida deles, ou seja, os mesmos horários. Demasiadas cobranças. Demasiado chatos. Os chatos não pagam contas.

E ainda vêm com clichés baratos cheios de amuos: A vida não é só trabalho. A vida também não é só aturar-te, pois não? Então, pronto. Please, kill the karma and stop the drama. Não há paciência para isso. “Tens de sair comigo.”. “Nunca tens tempo para mim.”. Arranja um hobby!

Vou já parar o que tenho para fazer por tua causa. Dá um tempo. Minhas queridas, se a outra pessoa só sabe para chatear, não é tal. Está resumido numa frase.

Beijinhos

 

Miss L

REBEL WHOPPER || BURGER KING

Olá Nossos Devanienses!

 

 

Querida Produção traga, por gentileza, os CheeseBurgers da Francisca e água para mim.

O Burger King, a marca de Fast Food que eu adoro, lançou o Rebel Whopper 100% vegetal. Pelo que sei, não é feito de feijão preto como outro. Eu detesto feijão preto (Bean Burger).

Segundo sei, tem queijo e maionese (tem ovo), logo é só pedir para tirar para quem é Vegan. Tem pão com gengibre, alface, tomate, cebola, picles, Ketchup e mostarda. Estou mesmo ansiosa para experimentar.

 

Resultado de imagem para rebel whopper vegan

 

Não vos contei, mas eu já provei o Veggie do McDonald’s e adorei. É picante, muito bom. Aliás, faz-me lembrar os hamburgers Vegetarianos do Continente que eu comprava, de vez em quando, na faculdade. Colocava no meio dum pão e ficava top.

Se não conseguir comer este ano com a correria dos trabalhos, para o ano, caso ainda haja, vou provar.

Beijinhos

Miss L

TRABALHAR POR TURNOS || NOVO TRABALHO

Olá Nossos Devanienses!

 

Equipe, Local de Trabalho, Equipe, Reunião de negócios

 

Para começar da melhor maneira, por gentileza, Produção traga os CheeseBurger da Francisca e àgua para mim.

Comecei recentemente a trabalhar por turnos. Tudo é uma experiência nova que estou a adorar! Estou a trabalhar por turnos com folgas rotativas. Estou a responder a reclamações de Clientes por e-mail. Estou numa empresa na qual nunca trabalhei. Estou a conhecer pessoas novas.

Há três turnos. Esta semana, vou fazer o das sete da manhã. A pior parte é que no horário diz que eu tenho de almoçar às onze horas. Quem é que almoça às onze horas?!

 

Mulheres, trabalho equipe, equipe, negócio, pessoas, escritório

 

É super divertido. Já houve uma menina que mandou a forografia da parte de cima do biquini só para “reclamar” dos óculos de sol. Pedem o reibolso (reembolso). Houve uma vez que falou dumas Reebok, não tive a certeza se estava a falar da marca ou do reembolso que recebeu. Respondi sobre as duas coisas, pois nós temos de responder a tudo o que o Cliente questiona.

Alguns não têm o trabalho de ir ao Google tradutor e reclamam, porque na cabeça deles não foi o que pediram. Como temos autorização para usar o tradutor, mostramos que pediu o produto certo e o Cliente reclama na mesma. Não importa se eu mostro o que está escrito no anúncio e na tradução do Tio Google. Cada um tem a sua Língua e o Lojista tem Inglês. Basta ir ao Google tradutor se não sabem o que é “1 pcs random”. Lá ele informa que é uma peça aleatória.

O Google tradutor é das poucas coisas que podemos usar. Nada de papel. Nada de telemóveis. Nada de canetas. Nada de casacos nas cadeiras. Tudo por uma questão de segurança. Até as garrafas de água são sem rótulo. E há tolerância zero. O telemóvel fica no cacifo num balneário sem rede e pronto. Por vezes, nem compensa ir busca-lo.

 

Computador portátil, Estação de trabalho, Navegação, Tablet, Computador, Mesa

 

Estou a adorar, pois os Clientes escrevem cada coisa. Na semana passada questionaram se o telemóvel da pessoa fosse roubado se ia ser novamente vendido. Aparece de tudo. Apetece ficar lá horas a fio quando são coisas simples. Quando é algo que não percebemos tem sempre alguém para nos ajudar ou escrevemos mesmo que não entendemos e o Cliente explica de novo (de preferência sem erros – impossível).

Já me chamaram de senhora. Respirei fundo e disse a mim mesma que era mentira, pois eu estou muito jovem. Os cremes da Yves Rocher ajudam! Por falar nisso, um à parte, estou a usar um sérum anti-poluição. Não sei se é só de mim, mas como Não-Fumadora acho que o ambiente está muito saturado de tabaco. Quando um Fumador fuma parece que já não há espaço para aquele fumo. Pode ser impressão minha. No autocarro já se sentou à minha frente uma mulher que tresandava a tabaco. Tapei o nariz com a gola, ela saiu e eu tirei. Acreditam que ficou ofendida? Ia respirar algo que me incomoda? Se eu quisesse respirar fumos, eu fumaria. Grata pela oferta, mas não quero.

A empresa tem uma cantina. O valor do prato é razoável. Tem quatro pratos à escolha: carne, peixe, vegetariano e massa. Tem alguns micro-ondas. Tem dois frigorificos. Tudo bem organizado.

 

Escritório, Mesa de escritório, Computador portátil, Mesa, Negócios, Quarto, Trabalho

 

Temos um cartão muito giro que nos dá acesso à empresa e ao nosso departamento. Muito seguro. Só podem entrar Colaboradores, pessoas para entrevista e para receberem formação. Mais ninguém.

O trabalho é muito agradável. No geral, é simples de realizar devido a dois factores: a formação e a inter-ajuda.

Já tivemos uma avaliação e eu tive 100%. Nós temos o nosso trabalho avaliado aleatoriamente, quatro por mês, e dá origem a um bónus se tivermos uma boa avaliação. Tudo pode ter bónus. Se nunca faltarmos, nem chegarmos atrasados, temos um bónus. Se trabalharmos num feriado, temos um dia extra de férias. Há pessoas que juntas tudo e conseguem um mês de férias.

Como trabalho que é, tem o dinheiro como base e outros ganhos.

Beijinhos

Miss L

O NATAL ESTÁ A CHEGAR || NOSTALGIA

Olá Nossos Devanienses!

 

Veado, sombra, chifres, ficar, chifres, espumante

 

Para começar bem o artigo, peço à Produção, por gentileza, que traga os CheeseBurgers da Francisca e água para mim. Grata.

Falta um mês para a época do ano que eu considero mais quente e mais fria, ao mesmo tempo. Esta é a época mais marcante do consumismo, não dá para negar. No Business Online temos bastantes pedidos e já os mandamos embrulhados. Menos uma dor de cabeça. A partir do dia quinze de Novembro de dois mil e dezanove até ao dia treze de Janeiro do próximo ano, não iremos enviar nada por Correio Normal, visto ser um envio sem registo e é a época do ano em que há mais roubos deste tipo de envios.

Não gostariamos que os nossos Clientes ficassem sem os presentes dos seus mais queridos. Infelizmente, não está só mal na Política. Os CTT já eram assim antes de serem vendidos aos Chineses, mas isso já é outra história. O nosso envio neste período será em Correio Registado ou à cobrança (pagamento antecipado dos portes – 7.81 euros).

 

Natal, Natale, Velas, Decoração, Inverno, Brilhando

 

Temos este cuidado com o nosso trabalho para evitarmos, ao máximo, as falhas. Acontecem como em todo o lado, mas é um prevenção.

Para mim, é uma época quente, pois há os jantares, troca de prendas e tudo mais que há direito, mas também há a lembrança mais marcada dos entre queridos que já partiram. Falta qualquer coisa de forma mais acentuada.

E a partir de hoje é a contagem regressiva. Eu prefiro o Natal ao Ano Novo. Temos mais lembranças ligadas. Embora, a morte dum dos meus entres queridos tenha sido no dia catorze de Dezembro. Não foi, de todo, uma boa data, digamos. Foi como teve de o ser.

 

Natal, natale, bola, decoração, textura, inverno

 

É a época do ano que adoro receber meias. Se me derem meias e chocolates After Eight de marca branca para mim é excelente. Quanto mais meias, melhor. Também me lembrei da publicidade da Calzedonia, Francisca. Embora, eu prefira as meias pequenas. Não sou muito de usar meia calça.

Natal. O que é afinal o Natal?

Simboliza mais do que o dia vinte e cinco de Dezembro…

Beijinhos

 

Miss L

NÃO GOSTO NADA || GOSTOS PESSOAIS

Olá Nossos Devanienses!

 

Euro, Moedas, Moeda, Dinheiro, Amarelo, Europa, Crescimento

Primeiramente, Produção mais encantadora tragam, por gentileza, os CheeseBurgers da Francisca e àgua para mim. Sim, Francisca, não me está a apetecer sumos ultimamente. Acontece.

Estava num jantar e uma pessoa fez-me uma questão muito interessante e decidi partilhar convosco. Eu detesto dinheiro vivo, é uma realidade. Prefiro o cartão de débito. Aliás, prefiro mais ainda a Conta-Poupança, pois permite-me controlar os meus gastos.

Passo a explicar. Imaginemos que preciso de pagar a conta de telecomunicações no dia vinte e seis de Novembro. Na noite da véspera transfiro o valor. Gosto de manter a Conta-corrente a zero e todo o meu dinheiro disponível na Conta-Poupança e ir libertando à medida que preciso. Assim, não faço gastos desnecessários.

 

Cofrinho, Dinheiro, Finanças, Bancário, Moeda, Dinheiro

 

Todo o dinheiro vivo que disponibilizo, mal tenha uma oportunidade, deposito e peço que transfiram todo para a Conta-Poupança.  Não gosto nada de dinheiro-vivo, talvez por ser sujo e incontrolável. Sim, o dinheiro-vivo é sujo, pois anda de mão em mão. Sim, Francisca, o dinheiro é muito vádio.

Simplesmente, não passa dum gosto pessoal. Sinto-me muito melhor quando o dinheiro vivo passa para a Conta-Poupança. Talvez não passe duma mania minha. Mas pelo menos, preciso de x e gasto x e pronto.

Actualmente, devido a esse jantar também, estou com dinheiro vivo comigo e não estou a gostar nada. Sinto que ele fica mais seguro na Conta-Poupança. É desconfortável e só na Sexta-Feira vou poder coloca-lo no devido lugar e isso, só por si, stressa-me. É muito provável que nessa altura tenha mais para colocar, mas detesto mesmo. Peço sempre para fazerem transferência, se possível e faço o mesmo. Transfiro e está feito.

Beijinhos