Curso

COMUNICAR VS INFORMAR || HÁ ALGUMA DIFERENÇA?

Olá Nossos Devanienses!

 

Falar, Discussão, Microfone, Lata, Pode, Estanho, Boca

 

Há alguma diferença entre Comunicar e Informar? Sim, há. Como sabem, estou no curso de Técnica de Segurança e Higiene no Trabalho. Lá tenho a disciplina de Organização do trabalho e gestão das Organizações. Mais uma disciplina que gostei de cara.

Uma questão que foi feita pela Formadora foi mesmo essa: Há alguma diferença entre Comunicar e Informar? Há!

Duma forma muito genérica, a comunicação é bilateral e a informação unilateral. Ou seja, eu detesto a informação. Vamos passar de informação a comunicação? Vamos sim, através dos comentários.

 

Perguntas, Fonte, Quem, Oque, Como, Por Que, Onde

 

Essa é diferença mais básica. Mais resumida. A informação é dada por uma pessoa, normalmente, certa ou errada e posteriormente pode passar a comunicação. Sim, Francisca, mesmo sendo errada é uma informação.

Produção, faltam os Cheeseburgers para a Francisca e para mim, por gentileza, uma Pepsi!

Estamos sempre a aprender, eu achava que era a mesma coisa e afinal não o é. Como eu costumo dizer, só aprende todos os dias quem quer.

Beijinhos

Curso

UMA DAS REGRAS DA ERGONOMIA || SER DIGITAL INFLUENCER

Olá Nossos Devanienses!

 

Resultado de imagem para adaptar o trabalho ao homem

 

Uma das regras da ergonomia é adaptar o trabalho ao homem. Como sabem, eu estou no curso de Técnica de Higiene e Segurança no Trabalho e falamos deste tema. E estive a pensar que um dos trabalhos que respeitam este ponto é a Digital Influencer.

Exactamente pelo simples facto que o trabalho executado adequa-se ao estilo de cada pessoa. Cada pessoa tem o seu modo de ser e o trabalho de Digital Influencer adapta-se a isso. Adaptar o trabalho ao homem nem sempre é possível e neste trabalho é possível. Tanto no caso dos Bloggers, Vloggers, Youtubers e Instagrammers.

Não, não estou a dizer que devem seguir estas profissões, por seguir um das regras de ergonomia. Não sigam algo que não sintam. É preciso ter vários pontos. Não, toda a gente não tem todos os pontos necessários. De que serviria isso? Como seria o Mundo se fossemos todos Floristas? Entendem o ponto? Se não sentes que consegues seguir esta profissão, não o sejas. Há muitos canais e Blogs abandonados. Entendem onde quero chegar? Digamos toda a gente tem um “dom” para algo. Também há quem tenha “dom” para não fazer nada.

 

Resultado de imagem para adaptar o trabalho ao homem

 

Achei interessante esta ligação. Espero que “inventem” mais trabalhos deste género. Não é bem inventar, mas acho que dá para entender. Mais trabalhos adaptativos à pessoa. Que dependam de nós mesmo. Trabalhos que se adaptem ao Trabalhador. Renovarem trabalhos. Menos para quem finge que trabalha.

Adaptem-se aos vossos gostos e tornem-se no melhor Trabalhador que consigam ser! 

Beijinhos

Curso

TÉCNICA DE PLANEAMENTO DE PREVENÇÃO DE RISCOS PROFISSIONAIS || TESTE

Olá Nossos Devanienses!

 

Resultado de imagem para Técnica de Planeamento de Prevenção de Riscos Profissionais

 

Como vocês sabem, estou a tirar o curso de Técnica de Higiene e Segurança no Trabalho, e no dia dezoito de Abril de dois mil e dezanove acabei o módulo de Técnica de Planeamento de Prevenção de Riscos Profissionais. Neste último dia, realizei o teste de avaliação.

Nesse teste de avaliação, meti a pata na poça numa das questões sobre os agentes de risco físicos, químicos e biológicos, duas de cada. As respostas deveriam ter sido: ruídos e vibrações; poeiras e fumos e fungos e bactérias, respectivamente e por exemplo. Há mais. Aqui esbarrei-me mesmo ao comprido.

De resto, correu super bem. Uma delas foi sobre prevenção num escritório Administrativo. Quase que foi sobre o trabalho que apresentei: Ergonomia no escritório.

 

Resultado de imagem para técnica de planeamento de prevenção de riscos profissionais

 

O trabalho foi sobre o Blog. Basicamente foi como se o Blog fosse uma empresa (um sonho) e tinha que escolher um dos departamentos para planear a parte da prevenção de riscos. Escolhi o escritório, na parte, supostamente, trabalho eu e a Francisca. Foi um trabalho muito bom de se apresentar, apesar de ter estado bastante nervosa.

Beijinhos