Sociedade

DEITAR LIXO PARA O CHÃO || CULTURA OU MÁ EDUCAÇÃO?

Olá Nossos Devanienses!

 

Lata De Lixo, Lixo, Poluição, Desperdício

 

Deve ser cultural, pois num vídeo do Youtube, um homem de idade avançada disse que o facto dos homens não lavarem as mãos depois de irem à casa-de-banho era cultural. Desde o momento que dizem que as Touradas e as crianças fumarem no Dia de Reis numa aldeia fazem parte da cultura, nada me deveria admirar.

Este tema surgiu quando uma cidadã, após fumar na paragem, deitar a beata para o chão. Para quê?! Dá vontade que todo o lixo que deitaram para o chão caia em cima da cabeça desse tipo de pessoas. Qual é a necessidade? A sério, o País não vai evoluir com esse gesto.

Só fica mal. É horrível.

 

Lixo, Poluição, Resíduos

 

Já me aconteceu, no ano passado, uma coisa que parece mentira. Um homem de idade avançada, tirou os recibos da máquina do Andante, atirou para o chão, virou as costas e foi-se embora.

Eu fiquei tão irritada que peguei nos papéis e deitei no lixo que estava muito próximo! É banal em Portugal? É banal em Portugal, mas não é normal!

Estamos em pleno século vinte e um, não deveria existir lixo no chão. As pessoas deveriam ter consciência do que fazem. Mais um ponto para o País não evoluir. E há pessoas, tanto jovens como menos jovens, que o fazem com uma descontração que mete medo! É muito natural para elas. Estão a andar, muito delicadas, e deitam o lixo para o chão. E se nós dizemos, como muito ironia “Desculpe, acho que deixou cair este papel.”. Ficam com cara de tacho! Afinal, na cabeça delas é normal ou não? Enfim.

Não deitam lixo para o chão! Sejam limpos! Se querem viver numa pocilga, tenha uma privada. Ninguém tem de levar com o vosso lixo! Contenham-se!

Beijinhos

Expectativa

EXPECTATIVA DO LIVRO || ANEXOS

Olá Nossos Devanienses!

 

Resultado de imagem para anexo livro"

 

Sim, Francisca, as minhas leituras estão atrasadas. Eu deveria ter lido este livro em Agosto do ano passado. Tenho um monte de livros que deveria ter lido no Verão passado. Daria um bom título para um filme cliché de adolescentes. Mas é verdade.

Um dia, vou acabar essa pilha. Pilha essa que já aumentou. Sim, eu recebi um livro no dia vinte de Janeiro deste ano. Será, em príncipio o próximo livro. Como resistir?

Anexos. O que é “Anexos”? A sinopse é a seguinte:

Beth e Jennifer sabem que alguém está a monitorizar os seus e-mails de trabalho (toda a gente na redação sabe, é política da empresa). Mas, mesmo assim, não conseguem levar os avisos a sério. Insistem em enviar uma à outra e-mails hilariantes e intermináveis, em que discutem tudo sobre as suas vidas privadas. Lincoln O’Neill não acredita no seu novo trabalho – ler os e-mails de outras pessoas. Quando se candidatou para “supervisor de segurança na Internet” imaginava-se a combater a pirataria ou a construir firewalls – e não a escrever relatórios entediantes sempre que um jornalista envia uma piada porca.
Um dia Lincoln depara-se com a correspondência de Beth e Jennifer e, apesar de saber que não a deveria ler, é incapaz de resistir às histórias cativantes. Quando finalmente se apercebe de que está perdidamente apaixonado por Beth, já é tarde demais para se apresentar. Como conseguiria ele sequer explicar?

Nunca li nada desta Escritora. Tinha curiosidade. Aconselharam-me. Disseram que era hilariante. Tentei.
É uma vantagem do livro ser meu: Se fosse emprestado, eram um tempo bastante longo!
Parece divertido, pois segundo esta menina é através de e-mails. Faz-me lembrar o livro “Quando sopra o vento norte” de Daniel Glattauer. Adorei este livro e comprei o sendo. Li. ADOREI! Eles “apaixonaram-se” através da troca de e-mails. Através do conhecimento mútuo.  Pos entre aspas, pois não acredito no virtual, no digital.
Sim, eu sou Blogger e o trabalho é digital. MAS não acredito que seja possível apaixonar-se por alguém de forma on-line. Acredito que isso possa acontecer pessoalmente.
Resultado de imagem para livro sopra do vento"
Tem de tudo para ser divertido como este. Espero que seja. Precisamos mesmo disso, não é mesmo? Espero que me faça rir. Sim, eu espero muito deste livro em termos de humor.
Acho que tem de tudo para eu querer ler mais livro desta Escritora, quem sabe “FanGirl”. Parece meio adolescente? Parece meio adolescente. Mas eu sou jovem e posso.
Beijinhos
Sociedade

TENS MESMO DE VER ESTA SÉRIE || SOCIEDADE

Olá Nossos Devanienses!

 

Pessoas, Mulher, TV, Filmes, Televisão, Fêmea, Feliz

 

Se há frase que me irrita é “Tens de ver esta série!”. Mas tenho de ver, porquê?! Oferece comida no final? Se for lasanha de queijo e espinafres ainda penso no assunto! Mas isto é assim “Tens de”. Não tenho nada. Queres ver, vê! Mas usar um “Tens de ver”, já é demasiado!

Não tenho nada que ver! Se eu quiser, eu vejo! Não existe “Tens de”! Dizem como se a vida dos outros tivesse vazia. Não trabalhassem, não tivessem nada para fazer!

Se eu quiser, eu vejo. Mas eu não sou obrigada a ver e não sou muito de ver séries. Vi a minha série favorita, The American Horror Storie, após parem de falar dela. “Mas se é a tua série favorita, diz lá quantas temporadas tem?”. Eu é que tenho de saber ou os responsáveis. Eu vi até ao Cult. Se há mais, não sei. Pode não haver hoje e haver amanhã.

 

Válvula, Hollywood, Cinema, Placa, Produção

 

Se eu quiser ver, eu pesquiso e vejo. Não vou ver só porque tu dizes “Tens de ver!”. Tu gostas, vê, mas eu não tenho de ver também. Não é difícil.

E todas as frases que começam por “Tens de” vai pelo mesmo caminho. “Tens de ter férias.”, “Tens de ter folgas.”. Não! Cada um com a sua vida. Eu não vou ver só porque tu queres, mas sim se eu quiser. Ponto!

Beijinhos

 

Resenha

RESENHA DO LIVRO || UM ESTRANHO EM CASA

Olá Nossos Devanienses!

 

Resultado de imagem para Um estranho em casa"

 

Primeiramente, adorei esta capa. É esta capa que o meu livro tem? Não! O que é uma pena, pois é muito linda.

O que contar sobre este livro sem contar? Sim, Francisca, aqui não há spoilers. É muito envolvente, tem o seu ritmo. Um ritmo acelerando. Passa duma parte para outro em segundos. Estamos no dia que ele rapatou, viramos a página e já passaram onze anos e a Autora, brilhantemente, resume o que se passou. Eu fiquei sem folgo. Adorei. Aconselho bastante.

Fiz bastantes apontamentos, não muito para me situar, mas sim para extrair a minha opinião ou dúvida. Passaram-me n dúvida pela cabeça. Isso é bom. A Escritora criou-me dúvidas. Tem um pouco de cliché. Normal, já tudo foi inventado. Porém, desculpem o desabafo: NÃO PERDOEM TRAIÇÕES! Seja de mulheres ou de homens. É a porcaria duma escolha! Escolheu, está escolhido. Sim, Francisca, é um spoilers, mas sabes o que o tema… Neste caso, a pessoa disse para a pessoa com quem traiu (vou buscar o livro, fiz questão de sublinhar de tão ridículo que foi), vou ter de citar “Confundi tudo, (nome da pessoa com quem traiu). Não usei a cabeça. Vou ter de magoar-te, coisa que eu nunca quis fazer.”. Eu sublinhei duas vezes o que pus a negrito. Não é possível. Eu mandava bugiar. Inacreditável, mas banalíssimo, infelizmente. Quem acredita?!

 

Resultado de imagem para Um estranho em casa livro"

 

O final foi demasiado para um livro. Não sei como escrever sem fazer spoiler. Sim, Francisca, mais spoiler. Mas esperava outro final. Pode achar que é bom, mas não é. Foi demasiado (quem leu completa).  Poderia ter acabado doutra maneira já que Patrícia MacDonald fez acontecer de novo no aeroporto. Não interessa o que fez acontecer de novo, Francisca.

“O que podia ser mais assustador?” Nada.

Mas há uma coisa boa, sente-se as personagens. Nunca tinha lido nada da MacDonald, mas adorei. Se mudaria o final? Sem dúvida, mas a estória é assim.

Beijinhos

Yves Rocher

PRESENTES DO DIA DOS NAMORADOS || SUGESTÕES

Olá Nossos Devanienses!

 

Eu sei que Janeiro tem doze meses, mas devemos tratar das coisas com tempo. A sério, que mês lento! Até o ano passa de maneira mais rápida!

Para quem não sabe, em Portugal, há uma tradição comercial que se chama Dia dos Namorados. Francisca, não tenho motivos para mentir, é comercial. E como tal, vou deixar sugestões de presentes para os vários tipos de bolsos. Posso fazer conjuntos exclusivos segundo o seu orçamento. Entrego pessoalmente no Porto. No grupo Saúde e Bem-estar, terá a melhor ajuda para a melhor prenda!

 

 

Quem não gosta dum conjunto personalizado ou de não perder muito tempo em escolhas? Claro que é uma pessoa especial, mas adquirir um serviço especializado só para escolher o melhor presente, é outro nível.

Também fazemos este serviço para aniversários. Os melhores produtos, aos melhores preços. O melhor de tudo: A Yves Rocher tem produtos naturais e Franceses!

Todos os produtos têm qualidade aos melhores preços. Devido aos preços em si já serem baixos, não são negociáveis.

Claro, os produtos já vão embrulhados. É só entregar e não acresce nenhum custo. É um miminho nosso. Isto porque tentamos ao máximo fazer o melhor serviço.

Temos muitos produtos em stock, refiro-me a mais de dez caixas, logo o serviço é de entrega imediata, mas também limitada (ao stock existente).

Beijinhos

Sociedade

SE NÃO FOR DE GRAÇA || BLOQUEIAM

Olá Nossos Devanienses!

 

Apple, Vermelho, Maçã vermelha, Mão, Pomar de maçãs, Delicioso

 

Há coisas que só acontecem a mim. Para quem não sabe, eu tenho um grande stock de produtos da Yves Rocher a partir de dois euros. Um rapaz comentou a pedir mais informações. Prontifiquei-me a mandar as fotografias. Mandei algumas e os preços.

Começou a criticar que tinha de ter a margem de trinta por cento. Eu disse que fazia o preço que entendia, pois é meu. “Mas eu sou Chefe de Equipa, deveria entender”. Um monte blablablás sem pontuação e erros. Eu também Chefe de Equipa, não muda nada. Depois disse que ia comprar no site, como se me fizesse alguma diferença. Não vendo a ele, vendo a outra pessoa ou uso eu.

Eu respondi com ironia “Se quiser, dou-lhe o material todo e você vende ao preço que quiser. São mais de dez caixas.”. Ele não entendeu. Um dos cremes de corpo que vendo a quatro euros, é barato, pediu que lhe desse a três euros para vender a cinco. Respondi que não lhe ia dar, o preço já está baixo e não é negociável. O produto é meu, tenho os meus direitos.

 

Natal, Dom, Mão, Manter, Dar, Dólar, Presente

 

Começou a reclamar comigo, que não era dado. Dado tinha sido para mim (E mesmo que fosse, é meu, faço o que eu quiser.).

Eu respondi, não consegui conter “Lá porque estamos em Portugal, eu não tenho de vender ao preço que você quer. Mas você sabe lá se eu comprei ou não. Se quiser, compra. Se não quiser, não compra. Easy!”.

A personagem, bloqueou, porque não fiz o que ele queria. Já agora, oferecer os portes, pois o anúncio era para entregar em mãos no Porto e a pessoa mora em Coimbra. Talvez, dar-lhe dinheiro para ele ficar com os produtos. Esta última frase foi mais ou menos assim, visto que eu apaguei e não tenho acesso à conversa. Mas a ideia é essa e após apagar (Faço sempre), pensei “Isto daria um post!”.

Não sejam esta pessoa. Como diz o querido Luba, não sejam um Nice Mendigo! Respeitem o trabalho dos outros! Não és obrigado a comprar, mas respeita!

Beijinhos

Sociedade

UTENTES MAIS EDUCADOS || SERVIÇO DE URGÊNCIAS

Olá Nossos Devanienses!

 

Angry Man, Point, Finger, India, Angry, Male, Hand

 

Não é que eu fui às Urgência com uma Amiga e surgiu um tema? Infelizmente. Há pessoas muito mal educadas. Pessoas que não têm noção do que deitam da boca para fora.

Uma mulher começou aos gritos que trabalhava no Santo António e os dali não faziam nada. A minha questão é: Então porquê que não foi ao Santo António para ser atendida?

Juro que é a minha grande questão. O Segurança, muito educado, sugeriu que fosse para voluntária para mudar as coisas lá se acha que estavam assim tão mau. Continuou a discutir e eu ignorei.

 

Argumento, argumentar, luta, luta, bicker, par

 

Outro homem, com a maior educação do Mundo (ainda bem que a educação vem de casa), começou a gritar como se fosse a única pessoa com dores na Triagem, disse palavrões para mostrar o tipo de pessoa que era e, como lhe não lhe bastou, insultou uma das menina que estava a trabalhar naquela área (Na cabeça dele era a maneira de ser atendido mais depressa . Foi o que aprendeu.). Teve de ir lá a Polícia, porque ele não estava a fazer boa figura. Não se deve insultar, muito menos quem está a trabalhar.

“Como se eu tivesse medo da Polícia!”. Acabou por ser ignorado. Nós fomos à frente, pois já tinhamos chegado e ele continuou com a sua má educação. “Estou aqui cheio de dores e blablablá!”. Meu querido, se estás nas Urgências, não és o único com dores ou achas que os outros estão a fingir?! Mesmo que fosse o único, não tens o direito de ser mal educado.

São pessoas sem nenhuma noção. São pessoas que não têm o mínimo de educação. São pessoas sem o mínimo de civismo. Acham que se mostrarem quem são, vão ser atendidos mais depressa.

Respeitem! Respeitem quem está a trabalhar! Respeitem quem vos rodeia! Ainda vão a tempo!

Beijinhos

Limpeza de Pele

MÁQUINA DE LIMPEZA DE PELE || ORIFLAME

Olá Nossos Devanienses!

 

 

Para começar da melhor maneira, peço, por gentileza, à Produção que traga os CheeseBurgers da Francisca e chá para mim. Grata.

Esta magnífica máquina foi-me enviada pela querida Ana Sousa. Para quem não sabe, eu adoro tudo que ajude a manter a pele jovem por mais tempo. Tenho bons genes, mas também gosto de cuidar com bons cremes e bons tratamentos. A minha pele, apesar de seca, é bastante jovem. Mesmo assim há quem use a palavra “senhora” comigo e como considera educação, acha que eu tenho de aceitar, mesmo sendo um termo pesado. Mas eu tenho a certeza do que sou e esta máquina tem-me ajudado imenso!

A pele está muito mais macia e limpa, o que ajuda a uma boa hidratação e também a uma boa maquilhagem. Para quem não sabe, eu uso, de vezes em quando maquilhagem. CC cream, brush, bronzer, pó compacto e baton. Por vezes um anti-olheiras.

 

A imagem pode conter: 1 pessoa, a sorrir, em pé, planta, flor, árvore e ar livre

 

Antes de experimentar esta máquina e o seu gel de limpeza, notava que o CC cream não estava a acentar bem. Parecia que tinha crostas. Não estava bonito. Após a primeira utilização, acentou na perfeição. Bastou uma limpeza de pele mais profunda para ficar a maquilhagem mais perfeita.

Não há milagres, pois se não usasse, não obteria resultados.

O uso da máquina é um momento tão bom! Uso de manhã e à noite. Depois ponho o sérum e o creme. Fico com menos vontade de usar maquilhagem. Dá vontade de mostrar o meu aspecto natural. É sensacional.

A Ana Sousa é uma menina duma simpatia incrível. É uma excelente profissional e tem as melhores dicas. Super recomendamos. Estou maravilhada com esta máquina. Faz uma massagem de rosto incrível. Os meus resultados foram na primeira utilização. Acreditem, estava mesmo a precisar. Não dispenso este ritual diariamente.

Beijinhos

Relato duma Leitora

RELATO DUMA LEITORA || PAREM DE CRITICAR TUDO

Olá Nossos Devanienses!

 

Depressão, Vozes, Autocrítica, Crítico, Para baixo

 

“Olá! Preciso de desabafar algo que está entalado. Porquê que as pessoas têm a necessidade de criticar. Hoje vi uma publicação no Facebook que me deixou se reacção, sem entender como as pessoas só sabem criticar. Uma pessoa qualquer disse que um quarto sem janelas não é um quarto. Nota-se que era pejorativo.

Eu já morei num escritório. Paguei a renda com o meu dinheiro e não morri. Minto, tinha uma mini-janela que dava para a sala. Foi assim que comecei. Ou dormia num sofá-cama num escritório ou dormiria na rua enquanto procurava um quarto com uma janela. As pessoas quando criticam não têm a noção. Eu tinha o tempo muito reduzido para encontrar um quarto e tinha uma gata. Infelizmente, a gata desapareceu.

Vivi assim uns meses. Paguei com o meu suor e ninguém tem nada a ver com isso. Era minúsculo. O sofá-cama de manhã tinha de ser fechado para ter mais espaço, mas era o que havia. Ou isso ou a rua (Ou pior que a rua, a antiga vida). A rua tem uma janela enorme. Só eu e a pessoa que recebia o dinheiro tinha a ver com isso.

 

Vergonha, Crítica, Autocrítica, Desespero, Juiz

 

Actualmente estou num quarto maior e tenho persianas automáticas. Lutei, não desisti. Tenho orgulho em dizer que comecei a minha nova vida num quarto com uma mini-janela! Muito orgulho mesmo. Paguei com o meu dinheiro. Estou aqui para contar. Não tive alternativa e cresci com isso. Não era um sofá-cama muito desconfortável. Era o que havia. Usava para dormir, trabalhar e estudar. Exactamente como uso este.

Se eu fosse ligar ao que os outros dizem, já tinha desistido antes de começar a lutar.

Sim, um quarto sem janela ou um escritório, como quiseres chamar, pode ser um quarto sim, se o acolheres como tal! Podes começar a tua nova vida num e não tem mal nenhum, Pensa em ti e na tua paz interior primeiro. Esquece tudo que te quer deitar abaixo. Beijos.”.

 

Crítica, Escreva uma crítica, Revisão, Estrela, Mão, Dedo

 

Para começar: Parabéns! Somos duas, se eu ligasse ao que outros dizem, não atingiria metade. Não trabalharia aos Domingos e Feriados, sentava-me no Salário Mínimo, não seria Chefe da Yves Rocher e muitos etc..

Luta por ti. Esquece os comentários do outros, pois vai sempre haver. Vão sempre puxar-te para o fundo, sempre “sem” intenção, claro. É sempre para o teu “bem”. Não precisas de perguntar, dizem com gosto.

É a mentalidade que existe. Começaste super bem. Começaste, porque quisseste e isso é o mais importante!

Beijinhos

 

Sociedade

PORTA DOS FUNDOS || JÁ ACABOU, JÉSSICA?

Olá Nossos Devanienses!

 

Resultado de imagem para filme porta dos fundos 2019"

 

Pessoas que acham que o Natal tem a ver com o nascimento de Jesus ficaram revoltadinhas com um simples filmes! Sim, com personagens!

Calma, primeiro vou pedir à Produção os CheeseBurgers da Francisca e o chá para mim, por gentileza. Grata.

Isto aconteceu em pleno século XXI. Não, não mentira.

Antes de criticarem o trabalho alheio, sim, porque são só PERSONAGENS, estudem. O Natal é uma festa pagã e comercial. Só. As minhas vendas de Natal foram excelentes. Já agora, Jesus nasceu em Outubro. O Natal é só uma desculpa para aumentar as vendas. Mais nada. E para falsidade.

 

Resultado de imagem para filme porta dos fundos 2019"

 

Pessoas sem nada de interessante para fazer, lembraram-se de atirar cocktail molotov às cinco da manhã do dia vinte e quatro de Dezembro. Era isto que Jesus queria que fizessem. Eles tiveram uma luz e Jesus disse que tinham de fazer isto. Não é algo perigoso, foi Jesus que pediu. Tem toda a lógica. E que tal ir trabalhar? Não, trabalhar não, mas atirar cocktail molotov, sem dúvida. Se magoar alguém, paciência.

Meus queridos seres, vocês só deram publicidade gratuita! Este ano há mais! Que eles tenham sempre trabalho! Sempre! Se você não quiser trabalhar, não trabalhe!

E já agora, e se fosse? Deixem lá a PERSONAGEM em paz! É ficção. FICÇÃO! É como as novelas “A Carminho foi presa, finalmente! Já não era sem tempo!”, não se pode esquecer que a Carminho é só uma PERSONAGEM  da Avenida Brasil. Não confundam ficção com a realidade!

Preocupem-se em trabalhar melhor, ler mais, evoluirem e tratarem só da vossa vida!

Beijinhos