Expectativa

EXPECTATIVA DO LIVRO || TÁXI – AMANHECE NA CIDADE

Olá Nossos Devanienses!

 

Filipa Fonseca Silva traz-nos as confissões de um táxi no seu novo ...

 

A Filipa Fonseca Silva é só uma das minhas Escritoras-Quase-Favoritas. É muito simpática e querida. Só me falta um livro dela: Odeio o meu Chefe.

Recebi este livro como presente de aniversário e, simplesmente, adorei. É um Escritora fantástica e cativante. Comecei, por acaso, com Os trinta não é como sonhámos, depois com o da Vanessa ( O Estranho Ano de Vanessa M.) e por fim o Das Grávidas (Coisas Que Uma Mãe Descobre).

A sinopse oferece-nos o seguinte:

Nas ruas de Lisboa, um táxi circula e observa. E, com ele, nós observamos também: Manuel, o taxista que não sabe chorar. Olinda, a ama de duas crianças mal-educadas. Daisy, a stripper. João, o sem-abrigo… Um dia, um momento infeliz, com consequências trágicas, obriga Manuel a confrontar-se consigo próprio, e as consequências serão mais transformadoras do que ele alguma vez imaginou. Manuel parou-me e mandou-a entrar. Olinda não tinha como pagar uma viagem de táxi até à Brandoa. Manuel apagou a luz de serviço e disse-lhe que já não estava a trabalhar. Com o orgulho a ceder à medida que os sapatos ficavam encharcados, Olinda entrou.

 

Filipa Fonseca Silva: “É muito difícil ser escritora em Portugal ...

 

Eu sou fascinada pela cidade, talvez por ter nascido numa. Dai ainda gostar mais da escolha deste livro. E do presente. E também pela Escritora.

Parece uma estória fofa. Sim, estória, pelo menos o 30- Nada é como sonhámos, era ficção. Uma pena, pois adorei o Pedro. Duas personagens invulgares, principalmente, num livro escrito por um Escritor Português de Portugal: uma stripper e um sem-abrigo. São temas tabus, pois Portugal é muito preconceituoso e são temas arriscados. Mas a Filipa é assim, arrisca. É preconceituoso, mas raramente admite publicamente.

Parece, obviamente, um livro muito interessante. Ansiosa.

Beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *