Expectativa

EXPECTATIVA DO FILME || THE MAUS

Olá Nossos Devanienses!

 

The Maus • Film Factory Entertainment

 

Já ouvi falar muito deste filme. Acho que este é o último da lista da Netflix que parece bom. Sim, Francisca, eu sei, alguns só pareceram. Acontece. Porém, está equilibrado, eu acho. Nem tudo pode ser bom a nosso ver. Ou os filmes eram muito bons, ou nós aceitavamos tudo. Cada um tem os seus gostos.

Há qualquer coisa, espírito ou Deus, que ouve prezes. Um ou uma tal Ya Hafizu. Cada um tem as suas crenças e mais não é obrigado. Num livro muito interessante que li recentemente (à data que escrevo e não a que é publicada), no caso “Sol da Meia Noite” de Jo Nesbø, o protagonista disse à criança que se ele tivesse sido criado com Avô da criança e a criança com o Avô dele, hoje provavelmente, ele não era Ateu e a criança era. Nesta estória (penso que é ficção), o protagonista é Ateu e conversa com uma criança crente que acredita em tudo que o Avô diz e a cada passo usa a frase do Avô “Vais para o inferno.”. E é verdade, a nossa educação ( em alguns caso, também a formação) conta muito para as nossas escolhas religiosas. Depende muito de como nos mostram o mundo.

Se no secundário, uma Colega minha não me tivesse mostrado o mundo da leitura, talvez hoje eu não lesse. Por exemplo, para os Chineses é normal comer cães e gatos, foram assim ensinados, acham normal. Para os Muçulmanos é normal não comerem carne de porco (tenho orgulho de também não comer). Para muitos é normal estar na janela a tentar descobrir a vida dos outros e se não sabem inventam, pior é mesmo acreditarem nas mentiras que dizem. Para outros é normal colocarem música alta como se toda a gente fosse obrigada a ter o mesmo gosto musical deles. Há quem ache normal absorver tudo da televisão e pensar que ler faz mal. Outros que acham normal urinar no mar, principalmente com outras pessoas em volta (parece uma sanita pública). E por ai vai os exemplos. Tudo depende do que nos mostras como normal. Há uns anos atrás, as crianças que queriam ler, faziam-no às escondidas, pois era sinal de perda de tempo.

 

The Maus (2017) - IMDb

 

Há uma mina que explode. Há dois homens que parece que estão a rapta-la. Dois ou três. Há um casal. Um ET. Ela sonha com ET? Parece que a Família dela foi assassinada. Os raptores falam Russo ou Ucraniano. Não é que eu perceba muito de línguas, mas parece.

Estou um pouco confusa com o trailer, pois parecia mesmo que tinha um ET. É um filme de ET? Como o ET – O Extraterrestre? Francisca, sim, é bem antigo. Foi lançado em Portugal, segundo a minha pesquisa, no dia dezassete de dezembro de mil novecentos e oitenta e dois. Nenhuma de nós as duas era nascida. Para quem não conhece ou não se lembra, é este o filme:

 

E.T. - O Extraterrestre - Filme 1982 - AdoroCinema

 

Beijinhos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *