Expectativa

EXPECTATIVA DO LIVRO || O CLUBE DOS POETAS MORTOS

Olá Nossos Devanienses!

 

Dia Mundial da Poesia

 

Adorei o filme o que me deu imensa vontade ler o livro. Até porque o livro é sempre mais completo do que o filme. Até porque nenhum filme consegue ser cem por cento fiel ao livro. Um filme tem, no máximo, duas horas. E o Realizador faz a sua visão e, além disso, é uma adaptação. É normal que não fique tal e qual.

O meu livro é de dois mil e quatro, ou seja, já tem dezasseis anos. Adoro, pois tem um cheio próprio.

A sinopse oferece-nos o seguinte:

No outono de 1959, o tímido Todd Anderson inicia seu último ano do ensino médio em uma escola preparatória de elite para homens. Ele é designado um dos alunos mais promissores da instituição, ao ingressar toma conhecimento que Neil Perry, será seu companheiro de quarto que é rapidamente aceito pelos amigos de Neil: Knox Overstreet, Richard Cameron, Richard Cameron, Stephen Meeks, Gerard Pitts e Charlie Dalton.

No primeiro dia de aula, eles são surpreendidos pelos métodos pouco ortodoxos de ensino do novo professor de inglês John Keating, um ex-aluno de Welton (a instituição) que incentiva seus alunos a “tornar sua vida extraordinária”, um sentimento que ele resume com a expressão latina carpe diem, que significa “aproveite o dia”, “curta o momento”.

 

 

Dead Poets Society" | Filmes épicos, Filmes anos 80, Cartazes de ...

 

Eu acho muita piada a tudo que leio e vejo em filmes sobre as Escolas de Elites para homens. Sei que o filme está associado a poemas (óbvio), Carpe Diem e “Oh, Captain, my captain.”.

Espero que seja tão bom como o filme. Acho que não existe nenhum filme bom que seja adaptado dum livro mau. Eu não conheço. Acho que vai ser um livro muito fofo. Quando começamos a ler um livro, esperámos que seja bom, certo?

Beijinhos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *