Miss L

SOU VEGANA? || UM POUCO SOBRE MIM

Olá Nossos Devanienses!

Vegan, Ir Vegan, Compaixão, Sinal, Texto, Escrito

 

Produção mais linda tragam, por gentileza, os Cheeseburgers da Francisca e uma limonada para mim.

A questão do momento é: Miss L és Vegana? Não, não sou. Talvez um dia quando conseguir deixar o peixe. Eu, nesse momento, sou Semi-Vegetariana há precisamente um mês.

Não entendo essas pessoas que não estão no século vinte e um como eu. Há pessoas que devem estar no século quinze. Como é possível? Basta dizer que deixei de comer carne e, algumas pessoas, ficam chocadas. Porquê?! Foi só uma coisa que aconteceu na minha vida. Não é preciso tanto drama. Não sabia que o que eu como ou deixo de comer intrefere tanto na vida de tanta gente.

 

Vegan, Slogan, Motivacional, Go Vegan, Sustentável

 

Estou há um mês sem carne e estou muito bem, grata. Não morri. Estou com mais energia. Não tenho nenhuma necessidade de comer carne como qualquer ser humano.

Antes de deixar de comer carne, eu não gostava de certas carne tal como frango. Já gostei, mas o meu paladar mudou e deixei de gostar. As pessoas ficavam chocada como se fosse obrigatório gostar de frango. “Frango é tão bom.”. “Só dizes que não gostas por sisma.”. E outras coisas do género. Se tu gostas, come! Cada um com as suas escolhas. O teu paladar é o teu paladar. O meu pertence a mim. São frases do século quinze.

Há pessoas que têm mentalidade do século quinze, no máximo! Como diz Hernâni de Carvalho “A mentalidade é a última a mudar.”. Para muita gente, devido à sua educação é normal coisas surreais: os matadouros, as touradas, comer carne, beber leite de outro animal (aprende-se na Escola que o melhor leite é o materno), fazer queimadas, fumar para cima de outras pessoas ou abraçar pessoas após fumar sem se lavar e mudar de roupa (o fumo entranha-se na roupa, paredes e etc) e muito mais.

 

Pizza, Massa, Cozido, Queijo, Tomate, Cogumelo, Pimenta

 

Chegou o momento de eu deixar a carne. O meu momento. Cada um tem o seu. A carne e o leite de vaca só faz bem ao bolso de quem vende. Ponto.

Destruir o meio ambiente para quê? Torturar outros animais, física e psicologicamente,  para quê?!

Não estou a tentar convencer ninguém. Que fique claro. Esta é a minha opção e estou a escrever a minha visão. Mais nada. Tu comes o que quiser e eu também. Não é um discurso contra quem come carne. Não me interessa o que tu comes. Estou a escrever sobre a minha vida.

 

Fruta, comida, delicioso, saudável, doce, vitaminas, fresco

 

Este é o passo que estou a dar. Não vou prometer nada para vocês, mas sim para mim. Foi uma vitória. Deixei de beber leite de vaca há uns anos. Outra vitória.

Não precisas de ter raiva de mim por não comer carne. Não estou a obrigar ninguém. Se sabes o que é o certo e fazes o errado, o problema é teu. Não precisas de ter raiva porque deixei de comer carne. Não queres deixar, não deixes. Deixa a minha alimentação em paz. Não pressiones para comer algo que eu não quero. Eu não quero comer cadáveres. Sim, peixes também é carne, também é um animal e também sofre, também se torna um cadáver para eu comer, mas um passo de cada vez.

Se tu queres comer cadáveres, come. Se tu não queres, tenta no teu ritmo. Há coisas do Mundo Vegetariano que não gosto? Há coisas do Mundo Vegetariano que não gosto. Deles são exemplos: banana, toranja, uvas passas, pêssego seco e por ai vai. De peixes só gosto de atum, filetes, salmão, peixe-gato, sardinha pequena e bacalhau. Não me lembro de mais nenhum que goste. Também gosto de moluscos.

Se a minha opção alimentar te incomoda tanto, procura terapia. Cada um com a sua vida. Se te ofende a minha escolha, problema teu. Eu estou a eliminar a carne da minha vida para o meu bem.

Beijinhos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *