Texto Pessoal

FAZ BARULHO || TEXTO PESSOAL

Olá Nossos Devanienses!

Onde está o seu juízo? Daqui à pouco ligo-te. Vamos fazer inveja para esse povo.

Esquece essa briga sem significado e vem. Porquê que terminamos? Estamos a perder tempo, pois ainda temos química.

Tu ainda me ama! Vives por fora e morres por dentro. Todos choram e brigam. E dai? Muda algo?

Volta agora! O que estás a fazer nos braços de outro? Desisti de ti!

Faz barulho à vontade. Pensas que me iludes? És infantil! O que amor uniu, tiveste a audácia de destruir!

Não voltes mais. Não te quero. Foste fraco. Não gosto disso. Vai. Vai. Vai.

Beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *