Resenha

RESENHA DO FILME || LIVRAI-NOS DO MAL

Olá Nossos Devanienses ( E Filme Livrai-nos Do Mal )!

 

Resultado de imagem para livrai-nos do mal filme

 

Um dos filmes da Netflix que eu adorava ver era este. Livrai-nos do Mal. Encontram o resto da lista neste post. Um filme arrepiante. Exactamente como o Seven. Não foi forçado. Bastante bem construído. Maravilhoso. Não é bem um filme de terror. É mais o drama dum Polícia que põe a sua profissão em primeiro lugar. Quem nunca?

O Padre refere algo muito acertado: Era o que ele merecia, sim. Porém, o que foi feito não foi justiça, mas sim vingança. Faz pensar. Como é que algo que é merecido pode não ser justiça? Simplesmente, o bom senso nos diz que a justiça não pode ser feita pelas próprias mãos. Às vezes dá vontade, mas ai já não é justiça.

Aqui a história é mais real, digamos. Alguns possuídos morrem. Alguns possuídos são salvos. É a lei da vida. Nem tudo pode ser salvo. Nem tudo pode ser delinear. É isso que torna o filme bastante interessante. Nem muito ao Mar, nem muito à terra. Há meio termo.

 

Resultado de imagem para Livrai-nos do Mal Filme

 

Há uma segunda chance para o Polícia “recuperar” a sua família. Ter a noção que está a deixa-la para trás. Sem dúvida, que é um meio de ajuda para ele. Como se diz, o mal de uns, pode ser a salvação de outros. E ele precisava de ser salvo, muito mais do que salvar os outros.

Ele fez o que fez, não só por raiva, mas também para salvar futuros desconhecidos. Futuros desconhecidos da idade da própria Filha. Ele salvava os outros, pois não sabia como se salvar a ele próprio. Ele não tinha limites, pois já tinha perdido muito. Ele tinha perdido de mais.

Ele aos poucos teve a noção disso. Teve a noção que o apelido “Radar”, não era à toa. Afinal, ele tinha um dom. Era esse dom que fazia com ajuda-se quem mais precisava. Porém, não seria ele quem mais precisava? Aquele Padre não entrou na vida dele por acaso.

 

Resultado de imagem para Livrai-nos do Mal Filme

 

Livrai-nos do Mal é um filme muito bem feito. Muito bem organizado. É um filme que faz pensar. Nada foi feito à toa. Cada pormenor levava a outro pormenor. Os gatos. Os gatos talvez tenham sido retratados como algo mau. Algo maligno. O Polícia não gostava de gatos. De gatos, imaginem só. Como assim?!  Os gatos são os animais mais queridos do Mundo. Não é à toa que são os meus animais favoritos.

Aos poucos o céptico Polícia seguiu a linha do filme. Foi isso que tornou o filme emocionante. Foi tratado como filme, mas não foi forçado. Brihante. Gostamos bastante. Não é um filme de terror, mas tem o seu mérito.

Beijinhos

 

2 thoughts on “RESENHA DO FILME || LIVRAI-NOS DO MAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *