Português

Derrepente VS De Repente || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

Estou a gostar bastante deste novo quadro. Dá para soltar o que eu chamo carinhosamente de TOC. Eu detesto ver erros. Dá-me uma volta ao estômago e há quem escreva mal de propósito (Não falo do Novo Acordo).

Há uma grande diferença entre gralha erro. Gralha é quando nós erramos a palavra, mas sabemos como se escreve correctamente. Uma distracção, o corrector. Eu própria sou muito distraída. Já escrevi “Não posso querer.” e quando reli, uns dias depois, entendi que queria escrever “Não posso crer.”. Fiquei chocada comigo mesma. Uma gralha, acontece.

Sim, é mais fácil encontrar erros ou gralhas nos textos dos outros, pois na nossa cabeça está a forma correcta e lemos quase que automaticamente.

A única forma correcta é de repente. De (espacinho) repente.

Há muita gente que escreve errado, mas por gentileza, não usei isso como desculpa para mudar a palavra como fizeram com “minissaia”. Que raio é “minissaia”?! Com isto, é quase obrigatório não usar o Novo Acordo.

Beijinhos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *