Teorias ou Manias

NÃO CREIO || SÉCULO X

Olá Nossos Devanienses!

Esta imagem chocante e o texto circularam recentemente no Facebook. Gostaria que fosse mais uma Fake New, mas infelizmente parece muito real. A triste realidade. A triste mentalidade.

O touro é um animal maravilhoso tal como nós deveríamos ser. Sim, o Ser Humano é um animal e alguns deveriam ser mais racionais.

Como é possível isto divertir? É preciso ter uma alma muito ruim para gostar do sofrimento alheio, mas em caso algum trocariam com o touro. Interessante…

A desculpa é que é tradição. Há cada tradição mais ridículo. Queimar uma gata dentro duma caixa, crianças fumarem no Dia de Reis e outras cousas que só poderiam vir duma mente muito doente.

Estas “tradições” parece que foram idealizadas por Hitler. Não é possível! Não tem explicação! Não há raciocínio lógico!

É preciso dizer que é errado? É sério isto? Saliento que adoram, mas não trocariam com o touro. Porque será? A dor do touro eles não sentem!

Nem deveria ser considerado uma Profissão! E chamar-lhes de ignorantes é um elogio. Como assim?!

Evoluir e usar o cérebro são coisas tão maravilhosas. Experimentem. Também podem trocar com o touro. Até a Tomatina é menos estúpida. Tudo que desperdiçar comida é

Teorias ou Manias

INSPECTORES DA VIDA ALHEIA || TUDO SÃO DESCULPAS

O Salário Mínimo é a desculpa básica para tudo e é confundido com o Salário Máximo que nem tem definição.

Olá Nossos Devanienses!

 

 

Esta post é real com erros incluídos. O que mais me chamou a atenção foi a desculpa de sempre ” Pensem no Salário Mínimo Nacional”. Sim, porque como existe o Salário Mínimo todos têm de receber o Salário Mínimo, porque quem não recebe o Salário Mínimo é um absurdo e um desrespeito! “Ganham como no Estrangeiro”. É se querem mais do que o Salário Mínimo vão para o Estrangeiro. Aqui é uma vergonha ganhar mais. Olhem esses Apresentadores de Televisão. Um absurdo! O Salário Mínimo foi decretado e é o mesmo que o Salário Máximo. Se recebes mais, és um corrupto, um ladrão e um absurdo!

Tirando os erros, a pessoa em si, reclama, por causa da desculpa do Salário Mínimo Nacional, que é um absurdo ter recebido um orçamento de noventa, cem Euros por dia. UM ABSURDO! “PENSEM NO SALÁRIO MÍNIMO NACIONAL!”. Ninguém pensa nele e ele fica triste.

Queridinha, se não queres pagar pelo trabalho, não o peças. Difícil? Para ela é um absurdo pagar o devido valor por este trabalho tão necessário e perigoso, mas não acha absurdo pedir cento e setenta Euros por duas carpetes. Pode pedir o que quiser pelo que é seu. Se alguém estiver disposto a pagar, tudo bem. Exactamente como a outra pessoa pede o que acha junto pelo seu trabalho.

 

Resultado de imagem para Trolha

 

“Um Trolha ganha dois mil e novecentos Euros por mês?”, questionou ela, indignada. E se ganhar? És tu que vais gastar?

A qualidade paga-se. Os Impostos pagam-se e tudo mais. Não é absurdo coisa nenhuma. Não queres pagar pelo trabalho, não o peças. Simples, não é mesmo? Mas não deitem sempre as culpas no Salário Mínimo Nacional. Inovem. Vou-vos dar uma novidade: Não existe o Salário Máximo Nacional, logo podes lutar, se quiseres, para receberes mais. Não é fantástico?!

O Salário Mínimo Nacional não deve servir de desculpa para nada. Nada mesmo. Agora a exploração é para quem paga e não para quem recebe. Pronto, alguma coisa mudou. Depende da posição de quem critica, não é mesmo? Se tu pagas e criticas, a exploração é de quem recebe. Se tu recebes e criticas, a exploração é da parte de quem paga.

 

Resultado de imagem para Criticar

 

Absurdo é o facto de criticarem com desculpas. Ela pode pedir cento e setenta Euros por duas carpetes, mas o Profissional não pode pedir o que acha justo pelo trabalho que executa. Vai pagar algum Imposto pelo que vai receber, se receber, das carpetes? Pois…

Deixem de usar a desculpa do Salário Mínimo Nacional para desvalorizar o outro. Pensem antes…

Beijinhos