Teorias ou Manias

NÃO PODEM TRABALHAR || INFLUENCERS DIGITAIS

O País luta por menos horas de trabalho, por isso, é um absurdo os Influencers Digitais trabalharem mais de dez horas por dia.

Olá Nossos Devanienses!

 

Resultado de imagem para menos horas de trabalho

 

A maioria dos Portugueses luta por menos horas de trabalho, logo é um absurdo inventarem novas Profissões em que é necessário trabalhar mais de dez horas por dia. É inaceitável! Não pode ser considerado um Profissão algo que é necessário dez, quinze, vinte horas diárias de trabalho. É um absurdo! Claro que assim não dá para a maioria aceitar e admitir que são profissões.

É normal que reclamem com coisas como “As marcas em vez de enviar para eles, deveriam enviar aos pobres.”. Como é possível fazer publicidade dum produto sem o receber? Para isso há a televisão com os seus guiões. Nós já fizemos um artigo sobre uns produtos duma empresa sem recebermos os produtos. O pagamento foi numerário. Porém, em altura alguma dissemos que recebemos os produtos para testar, pois não recebemos. Qualquer Influencer Digital, seja ele Blogger, Youtuber ou Instagrammer deve ser honesto com o seu público para fazer um bom trabalho.

É por isso que os Influencers Digitais são tão criticados: Trabalham mais de dez horas por dia, não têm férias e os Domingos não são desculpa alguma para não trabalhar. Os Influencers Digitais mostram vinte por centro do trabalho executado. Se ele não fizer o trabalho, nunca vai aparecer feito.

 

Resultado de imagem para influencer digital

 

O trabalho executado são fruto de muitas horas sem dormir, muita pesquisa, trabalho árduo.

As marcas enviam produtos para serem testados e publicitados. Caso não seja feito nenhum artigo, isso não é um Influencer Digital e a marca foi praticamente enganada. O objectivo é a publicidade e todas marcas, por maiores que sejam, precisam sempre de publicidade. Sempre!

Se todos podessem ser Influencers Digitais não haveriam tantos canais, Blogs e Instagrams abandonados. Não é uma Profissão fácil e esse o verdadeiro gosto desta grande Profissão.

 

Resultado de imagem para influencer digital

 

Esta Profissão só não é “aceite” pela maioria, porque precisa de várias horas de trabalho. Várias! Sem esse tempo, o trabalho não sai de todo bem feito. Horas essas que a maioria não está disposta a usar com trabalho. Dá muito trabalho ser Influencer Digital, por isso, a maioria crítica. Críticam de graça…

Criticam tanto, mas não fazem nada melhor. Vanessa Martins afirma que é o Blog que paga as contas dela, é logo criticada. Não pode ter um meio de ter as contas pagas? Deve estar cheia de contas sem saber como pagar?

Enquanto muitos lutam para trabalhar menos horas, há quem lute para ter sucesso trabalhando mais horas. O facto dum Blogger trabalhar vinte horas por dia, não te impede de não trabalhares.

 

Resultado de imagem para vanessa martins

 

“está sempre em viagens, passeios, ferias e acho que faz questão de esfregar isso na nossa cara. lol para andar constantemente a publicar TUDO. só falta quando está na sanita ou a “dar uma” fazer stories disso também. estas vedetas dependem mais da net do que outra coisa. depois queixam-se”, fizemos questão de não corrigir nada para reparem no nível.

Claro, a Vanessa Martins faz mesmo questão de esfregar na cara de quem não conhece. É proibido viajar, passear, lutar, ter sucesso, ser independente, profissional. É tudo proibido. Enfim…

“Cresçam e aprendam a resguardar-se e a manterem em privado o que è de natureza privada e do foro ìntimo. Para que servem os telefones/telemoveis e os “olhos nos olhos”? Alguèm de fora tinha de saber da alegada traição, dos parabens ao Marco, da resposta do Marco, das fèrias não sei onde, da chegada das fèrias, etc, etc,? A Vanessa apenas se deve queixar dela pròpria. Fez o estardalhaço nas redes e agora quer o quê???” Ninguém tem de saber, mas fazem questão de saber da vida alheia e falar com bastantes erros para repararmos no nível que têm. Falar mal da vida dos olhos sem bases, sem problema. Aprender a escrever, nunca!

 

Resultado de imagem para Bolsonaro

 

A grande maioria diz que trabalhar é escravatura e escrever correctamente é um absurdo, pois escreve-se como quiser. Estas pessoas que afirmam tal coisas, devem ter estudado com o Bolsonaro. “Foram os próprios negros que entregavam os escravos.”. É no mesmo nível.

Os Escravos, aqueles que sofriam Escravatura, eram obrigados a fazer o trabalho que os que obrigavam não queriam fazer, a troco de comida, por vezes escassa, e um sítio onde dormir. Não recebiam dinheiro, nem nada parecido. Sem para falar que estavam em cativeiro. Um “direito” de propriedade.

Que existem casos  em Portugal, não se pode negar. Há pessoas que têm trabalho, mas são obrigados a ficar em casa, gratuitamente, a fazer as tarefas domésticas, pois quem deveria fazer não quer. Sem dinheiro, não pode sair daquele meio. Sabes dum caso assim? Denuncia. Se fosses tu, amarias que fizessem queixa do caso. Isso sim, é Escravatura! E não há desculpa para esses casos existirem. Não há desculpa para a Violência Doméstica existir. Se sabem de casos, façam queixa! E antes que quem faz estes actos bárbaros com outros seres humanos venham com desculpas para se defenderem, as Empregas Internas, não são obrigadas, comem e dormem e ainda recebem mais do que as Externas.

Respeitem o trabalho dos outros. Não queres trabalhar, há o Rendimento Mínimo, mas não atrapalhes com as tuas críticas. Faz algo de bom!

Beijinhos

Blogagem Colectiva

CINCO COISAS QUE ME FAZEM FELIZ NO VERÃO || POSTAGEM COLECTIVA

O Grupo do Facebook nomeado como Bloggers com Amor desafiou-nos a fazer um artigo sobre o Verão neste mês.

Olá Nossos Devanienses!

 

Foto de Beatriz Matos.

 

O Grupo do Facebook que tem o nome de Bloggers por Amor desafiou-nos a participar na segunda Postagem Colectiva. Sim, segundo. O primeiro foi pelo meu grande gosto por Praia. O meu gosto dela bem longe de mim. Obrigada.

O tema deste mês é a lista de cinco coisas que me deixam feliz no Verão. Porém, a diferentona detesta o Verão. A diferentona sou eu, é meio óbvio. Como no anterior, vou fazer tudo ao contrário e que se lixe. Não gosto do Verão e não sou obrigada. Porém, eu amo Postagens Colectivas.

Vou fazer a lista das cinco coisas que detesto no Verão. Aqui a vossa querida Blogger adora a Primavera e o Outono. Também gosto do Inverno, porque tem o Natal. Aqui vivemos com sinceridade.

 

Resultado de imagem para Detesto o Verão

Detesto o calor que faz com se fique grudento.

Como eu detesto ficar suada. Juntei dois pontos. Porque todos os pontos se misturam, na verdade. Ainda há pouco tempo houve um calor infernal. Eu derreti internamente e externamente. Dormir na banheira é vida. Medo desse calor do Inferno.

Quem gosta, pode meter num potezinho só para elas. Não partilhem! Obrigada.

 

Resultado de imagem para Ferrero Rocher

 

Não há Ferreros Rocher.

Sim, no Verão não há este chocolate divinal. Há outros chocolates, há gelados. Porém, eu como chocolates e gelados durante todo o ano. Gostaria de comer Ferrero Rocher durante todo ano. Muito obrigada.

 

Mosquitos.

Não sei porquê que eles existem nos quartos durante a época do Verão. Eles picam e nós nem notamos. Sim, já fui picada enquanto estava acordada. Já não chega não conseguir dormir por causa do calor (e por vezes com o barulho da irritante ventoinha) e ainda temos de servir de alimento para outros animais. Pode parecer uma frase hipocrita? Pode parecer uma frase hipocrita, mas é a realidade.

Queridos Mosquitos, não se alimentem de mim. Muito obrigada!

 

Resultado de imagem para Obrigatório amar o Verão

 

 

É obrigatório amar o Verão.

Como já referi, eu detesto Praia. Detesto a areia que fica nos pés. Detesto tudo que se relaciona a calor, mas a Sociedade impinge que goste do Verão.

“Como não gostas da Praia? Como não gostas do Verão?”. É obrigatório? Dá desconto na Lasanha e no Sushi? Não sou obrigada. “Mas toda a gente gosta!”. Eu não sou toda a gente.

Antes deste calor do cão, eram só queixas no Facebook, porque o tempo estava ameno ( óptimo) e coisa e tal. Quando houve o calor do Inferno queixaram-se na mesma. Dá para entender?!

 

Resultado de imagem para Obrigatório amar o Verão

 

Mal começou o Verão, no dia vinte e um de Junho (sim, é sempre no mesmo dia) comentei na nossa Fan Page que o Verão ainda agora tinha começado e eu já queria que acabasse. É esta a minha relação com o Verão.

“Mas é tão maravilhoso comer saladas, batidos, sumos e fruta.”. Sim, durante todo o ano. Sem suor. O suor tempera o dia.

Não gosto do Verão. Não sou obrigada. Detesto suar. Detesto apanhar Sol ( sei que se nota). A parte do Sol nem tem a ver com o Verão.

 

Resultado de imagem para Verão

 

Como repararam tudo que eu detesto é consequência do calor: o suor, a falta do Ferrero Rocher, os mosquitos e tudo mais tem a ver com o maldito calor!

Eu amo comida, como vocês sabem, e o calor não ajuda na conservação. Se te esqueces do leite de soja fora do frigorifico (geladeira) bem podes esquecê-lo. Azeda facilmente. Há necessidade? Não!

Que tal uma temperatura amena durante todo ano? Uma chuva leve do qual os guarda-chuvas aguentam. Maravilhoso.

Beijinhos

 

Blogagem Colectiva

ROTINA MATINAL || PRODUTOS USADOS

O Grupo do Facebook “Girl Boss”, dirigido por Anne Lima, propós as suas participantes a aderirem a uma Blogagem Colectiva do mês de Agosto.

Olá Nossos Devanienses!

 

Foto de Anne Lima.

 

A Blogagem Colectiva do Grupo do Facebook definido como Girl Boss  será realizada durante quatro semanas. Sendo quatro temas diferentes. Uma maneira de interagir com outras Bloggers. De crescer na Blogosfera. Para chegarmos mais perto do Sucesso, a Anne Lima estipulou algumas regras importantes.

A postagem deve ser feita entre os dias cinco e onze de Agosto de dois mil e dezoito sobre o tema escolhido em votação, Produtos de Beleza. Não pode ser um artigo antigo. Devemos linkar o Grupo do Facebook para divulgar no Post ou colocar o link no Banner no final do Post. Devemos linkar os posts dos Participantes da Blogagem Colectiva.

 

Foto de Anne Lima.
O subtema que eu escolhi foi a minha Rotina Matinal. É rápida e simples. Quando me maquilho, normalmente, espero trinta minutos.

Começo pelo Tónico, depois coloco o Creme Rosto, o Creme de Olhos e, por fim, passo o Bálsamo. Simples, não é mesmo? Confio imenso nestas marca: A Avon, a Barral e Natura Sibera.

 

 

Há muito que ia escrever-vos sobre o Creme de Olhos da Natura Sibera. É uma marca bastante boa. Foi-me oferecida no meu Aniversário. Dura bastante, pois uma pequena dose chega. Dura mesmo horrores.

Ideal para qualquer Estação do Ano. Devemos cuidar da pele diariamente, principalmente devido à poluição existente. Aqui a pessoa tem muita preguicinha de tratar da pele à Noite, mas pelo menos tenta. Sou Blogger de Lifestyle e não de Beleza, por isso. É uma boa desculpa sim, Francisca.

Visitem o trabalho da Bárbara!

Beijinhos

 

 

Teorias ou Manias

ADORO A AREIA || PROJECTO PRAIA

Olá Nossos Devanienses ( E Areia Tão Querida )!

 

Resultado de imagem para Praia

 

Este projecto consiste em fazer um post com o tema Praia e devemos escolher um subtítulo para trabalharmos. Quando se fala de Praia, eu passo ao lado. Como sabem, preciso um filme de Terror, pipocas e gomas.

Eu olho para esta imagem e fico arrepiada. EU DETESTO AREIA! Ela fica no meio dos dedos e faz-me muita confusão. Eu amo o Mar, sair de lá roxa como acontecia em pequena. Porém, eu detesto a Praia por causa da maldita areia.

A Areia é mesmo uma coisa do Demónio. É uma coisa de Satanás. Até seca é arrepiante. Eu voaria do carro para o Mar e do Mar para o carro. Como não dá, não vou.

 

Resultado de imagem para Praia

 

A Areia é uma coisa muito estranha, mesmo muito estranha. Entra em tudo. A Areia é algo que quanto mais longe estiver, melhor. Parece aquela coisa de separar os dedos dos pés para pintar. Dá-me uma agonia que só Jesus na causa.

Seca ou molhada, não importa, é muito ruim! Muito ruim mesmo.

A minha Mana do Meio diz-me que faz muito bem. Que serve de esfoliante e tudo mais. Não deixo de detestar por causa disso.

Beijinhos

Blogger

IDEIAS QUE PERDEM O SEU VALOR || COISAS DE BLOGGERS

Vida de Blogger

Olá Nossos Devanienses (E Queridas Bloggers )!

 

Resultado de imagem para Trabalho de blogger

 

Neste trabalho todas as ideias são importantes. Algumas avançam. Outras perdem o seu valor. As Bloggers sabem disso. Há ideias que parecem as melhores e depois nunca passam para a acção.

Isso acontece-me várias vezes. Recentemente. pensei em fazer um post sobre o reaproveitamento do pão com dois ou três dias. A Francisca disse logo que quem não sabe o que fazer com esse pão, faz torradas e o assunto está resolvido. Ou tostas mistas, acrescenta ela. É a realidade, eu sei.

Era uma maneira de partilhar convosco algo que adoro: Pão fatiado no forno. Ficam umas tostas, basicamente. Da para comer de forma simples. Com paté de atum como fiz no Ano Novo ( eu conquisto as pessoas com o meu paté). Compota. Manteiga, alho e queijo. Azeite, alho e queijo. Sem queijo. Queijo e fiambre. Queijo, tomate, ervas aromáticas e azeitonas. Mil e uma opções. São divinais. Umas entradas, digamos.

 

Resultado de imagem para Pão tostado no forno

 

Mas a ideia perdeu o sentido como acontece a tantas outras. Também há quem faça rabanadas. Se for de cocô podem enviar. Estejam à-vontade. As orginais, não, obrigada. Se for de arroz, pode mandar para experimentarmos. Mas se for de ovos moles, não hesitem!

Muitas Bloggers têm mil e uma ideias, têm de ter posts preparados a tempo, dependendo do seu calendário, porém algumas perdem o seu valor. Pode ter mil e um motivos, mas faz parte de qualquer trabalho criativo. No meu caso, bastou a Francisca dizer “Que tema é esse? Com o pão de dois ou três dias faz-se torradas. No máximo, tostas mistas.”. Um profissional tenta, não é mesmo? A sério que ideia pareceu-me boa. Era uma maneira, como já referi, de partilhar um gosto meu convosco. Fi-lo doutra maneira, não é mesmo?

Beijinhos

Blogger

Não São Só Recebidos || Mundo das Bloggers

Olá Nossos Devanienses (e Bloggers)!

Para quem pensa que ser blogger é só receber produtos grátis,  tirem o cavalinho da chuva, pois ele constipa. 

Ser blogger é uma profissão séria. Quem diz o contrário, crie um e depois falamos.

Estou neste Mundo há quase 6 anos (tão bom!) e posso falar do trabalho que dá. Criar posts diários dá o seu devido trabalho. Um post ronda as 6 e as 8 horas. Pensem comigo: Escolher o tema, esquematizar, arranjar as fotografias, pensar no texto, fazer o texto, arranjar o texto bonitinho. Eu trabalho com agendamentos, pois sou dessas.

Não vou negar que adoro receber presentinhos na minha caixa do correio. Porém, ao contrário do que a maioria pensa, o facto é que os produtos são um meio de pagamento pela nossa publicidade. 

Claro que há aquelas pseudo-bloggers que se pagam de bloggers, recebem os produtos e não fazem o post. Querem milagres? Poupem-nos.

Pré-pagamento e não faz o trabalho? Nem tem de criticar.

O post não aparece no blog com um estalar de dedos. É preciso trabalho e os produtos não são grátis!

Para não ser mais um blog na internet a ocupar espaço é preciso sangue, suor e lágrimas. Honrar a profissão!

Beijinhos

Box

Troca de Boxs || Helena Raquel

Olá Nossos Devanienses!

A Maravilinda Helena Raquel, sabendo que amo boxs, convidou-me para trocar uma com ela. O tema seria Maquiagem e Beleza. Aceitei de imediato, visto que ela é uma pessoa super linda e das Colegas de Trabalho (Blogger) mais espetaculares que tenho e tive o gosto de conversar. Uma pessoa para levar para a vida. Ela é incrível, mesmo morando longe de mim, como ela diz na Veneza Portuguesa. Que venha logo morar para cá. Faz-se de difícil…

Preparei tudo com muito carinho e enviei. Espero que ela tenha gostado mesmo.

A Querida Helena enviou-me algumas marcas, entre elas a Boticário. Marca essa que nunca tinha usado antes de me oferecerem neste aniversário. Não desgosto, de todo, mas sempre preferi a The Body Shop. Esse é o único motivo, eu acho, de não ter usado antes esta marca. Antes da Box da Helena só tinha usado produtos capilares.

Todos os produtos foram fabulosos e estou ansiosa pela próxima box, nem que seja no Natal.

 

 

 

Blogger

Manias das Bloggers || Blogosfera

Olá Nossos Devanienses (e Toda a Blogosfera)!

Hoje venho falar-vos das manias das bloggers. Quem não as tem? A minha Criminologista detesta que coloquem ketchup na comida dela antes de provarem.

A lista das minhas manias ou (TOC como costumo chamar) é enorme, desde detestar ver uma tampa de sanita aberta (parece a porta para o Inferno) até ter os meus livros por ordem alfabetica de autores. O objectivo deste post é mostrar que na Blogosfera existem pessoas iguais a vocês. Torna-se até devertido ter a mesma “paranóia” de alguma blogger que seguimos. Tão giro como fazermos anos no mesmo dia de alguém que admiramos.

Gostaria de agradecer a colaboração daSónia Cabecinhas, da Dany, da Amora , da Ju Garcia, da Liliana Raquel, da Sara Sampaio, da Cátia Ramos, da Cecília Pereira, da Filipa Santos, da Catarina Poderoso, da Maria Azevedo, da Sónia David e da Gogo. Espero não me estar a esquecer de ninguém, pois cada testemunho foi importantíssimo. OBRIGADA A TODAS do Grupo!

Desde os livros aos talheres, passando pelos cães. Cada testemunho dava para rir mais do que o outro.

Uma menina deu um depoimento que tenho de transcrever, pois é delicioso, de rir até não poder mais (é o objectivo de expor as nossas manias): Xiiiiiiiii queres um artigo só meu? Olha que há muito para escrever. Não suporto ver pessoas com cera nos ouvidos. Se eu reparar nisso vou estar sempre a olhar para os ouvidos da pessoa enquanto converso em vez de olhar para a cara. Se quiser dar comer a alguém ( um bebé, idoso, ou algum doente do hospital) imito os movimentos que este faz com a boca, como se fosse eu a comer.

Prateleiras de supermercado desarrumadas também me complicam o sistema. Falo pelos cotovelos, até mesmo quando estou sozinha mantenho sempre conversas comigo mesma. Não durmo com portas e gavetas abertas, tem de estar sempre tudo bem fechado. Quando vejo os carros estacionados longe uns dos outros mas de maneira a que não dê para pôr lá um entre eles dá me vontade de agarrar neles como se fossem brinquedos e arruma-los direitinho. Uso perfume para dormir. Não mastiguem de boca aberta ao pé de mim….

A Blogosfera é um Mundo cheio de pessoas como tu. Com manias típicas de qualquer pessoa. Umas mais perceptiveís do que outras, mas todos temos. Algumas fazem rir. Quando eu vejo alguém com manias como as minhas, eu rio-me. Não fazem muito sentido. Outra mania que tenho desde pequena é saltar para cima de cama. Eu achava que tinha um crocodilo debaixo da cama. Fazer o quê? Morreria a fome, coitado. Agora consigo subir para a cama como uma pessoa normal, mas de vezes em quando ainda salto.

Outra mania, das centenas que tenho, é não conseguir dormir de porta aberta ou encostada. Se a porta existe é para fechar. Gastou-se dinheiro na porta para ficar aberta? Já me tiraram a porta por causa disso. Sim, quando falo em tirar é literalmente. A porta serve para estar fechada. Aqui ou na China. Ninguém compra uma porta para a deixar aberta. Isso sim é um absurdo. Gastava esse dinheiro em comida, óbvio. Sou Touro, não me julguem.

Uma das meninas do grupo confessou que não consegue programar o despertador para horas certas.

Tenho tantas manias que até a mim fazem rir.

Mas o mais estranho é que quando estou a sonhar e não estou a gostar do sonho ( estou parada num elevador, por exemplo), eu fecho os olhos e assim “saiu” daquele sonho. Experimentem.

Adoro cheirar livros, principalmente antigo. É um prazer incalculável. Eu aceito as minhas manias, eu acho.

Cada um tem manias especiais. Estranho seria tentarmos imitar manias que não que não são nossas.

Beijinhos

 

 

Blogger

Conversas de Café || Mundo das Bloggers

Olá Nossos Devanienses (e Queridas Bloggers)!

O Mundo da Blogosfera também dá (e serve) para conhecer pessoas fantásticas com a Blogger Estrambelhada. 

A Godinho (ou Maria, como gosta de ser chamada) é uma jovem cheia de força, alegria e distracção. Contagiou-me logo. A questão é: Como não gostar dela?

Como diz no seu mais recente blog (pois confessou que já teve outros anteriormente, mas na vertente anónima), é uma pessoa criativa e no seu blog está sem máscaras, nem filtros. Um Peixinho apaixonado por tudo que é belo. De sorriso fácil e de olhos fechados nas fotografias, pois o Mundo sente-se de olhos fechados.

 

O Spirito

O Café Escolhido

 

Confesso que não conhecia, mas a Maria disse que era um óptimo spot para trabalhar. Tanto era bonito (para as fotografias – é o que dá ser blogger) como tinha comida fabulosa. Vocês conhecem-me, a comida conquista-me!

A parte engraçada é que colocamos no instagram e eles curtiram a fotografia e seguiram o perfil. Quando vi fiquei super espantada.

O local é super agradável e pareciamos dumas Marias Tolas a mudar sempre de lugar. Cada canto era mais bonito do que o outro. A casa-de-banho era fabulosa. Uma casa-de-banho digna duma blogger. A Maria teve que ir fotografar. Um sonho! E só não tirou a placa, porque entrou uma pessoa. Aliás, todo o café era digno duma casa de blogger. As bloggers que entrarem lá, até pensam que é um sonho. Comprar e fazer daquele café o nosso espaço era top! Dava um T0 de sonho. A Sala ao fundo, no meio o quarto com a casa-de-banho perfeita do lado direito, a cozinha a seguir e a entrada. Alguém me diz para parar de sonhar? Obrigada!

Esperemos que tenham acompanhado as nossas fotografias fabulosas no Instagram!

 

A Maria e O Sítio do Costume

 

 

Para começar, quem é a Maria enquanto blogger e enquanto pessoa? Como te descreverias?

É complicado. Acho que sempre tive dificuldade em descrever, porque acredito que descrever-me seja, de certa forma, limitar-me. Mas considero-me uma pessoa bastante preocupada e que trabalha a 1000 pensamentos por minuto. Preocupo-me com tudo. Até com os problemas que ainda não aconteceram. Enquanto blogger, não faço distinção da minha pessoa do dia-a-dia, mas acho que podem sempre esperar criatividade do meu lado.

 

Porquê um blog? De onde surgiu este teu projeto?

Sempre adorei escrever e ler. Aliás, quando andava no quarto ano, fiquei em segundo lugar num concurso nacional de escrita criativa, o que me motivou bastante a partir dai. Desde os meus 13 anos que escrevo em blogs anónimos e apenas há cerca de 2 meses, decidi levar o blog mais a sério, criando o meu espaço com o meu nome. Ressurgindo assim, sem anonimato ou filtro.

 

Recentemente escreveste sobre algo muito pessoal, a ansiedade. Sentiste necessidade? Era algo que precisavas para te ligares mais aos teus seguidores? Teve a resposta que querias e precisavas?

Escrevi sobre esse assunto, depois dum dia complicado, em que tive o início duma crise no estágio. Não foi uma crise muito grave, comparando com as que já tive. Felizmente, tinha pessoas compreensivas à minha volta que fizeram de tudo para tentar ajudar-me. Pensei imenso antes de escrever sobre o assunto, porque como a sociedade olha para estes temas com um pensamento muito retrogrado, achei que os leitores iriam reagir mal. No entanto, depois de muita reflexão, achei que faria todo o sentido e o que o tema não deveria ser tabu no meu blog, visto que me ajudaria a mim e a outros que passam pela mesma situação.

Achava que iria ter um retorno negativo, mas acabei por não me importar e aconteceu exactamente o oposto. Recebi comentários e mensagens de apoio e de pessoas a afirmar que as ajudei e esclareci na situação delas.

 

Qual foi a melhor coisa que ter um blog te trouxe? 

Apesar deste blog ainda ser recente, trouxe-me liberdade para expandir a minha criatividade e desenvolver temas e assuntos que gosto ou com os quais me identifico.

 

O que é que as pessoas que te rodeiam acham sobre este teu cantinho?

Para já, toda a gente me apoia. No primeiro post que publiquei, quando partilhei o link no facebook, tive muito retorno positivo de amigos e familiares. Inclusive, a minha mãe chegou a comentar que era a minha fã número um.

 

 

O que planeias/esperas no futuro para o teu blog?

Espero continuar a ter um retorno positivo e conseguir arranjar tempo para ser mais activa nas publicações (estou a trabalhar nisso). No futuro, quero começar a levar o blog mais a sério. Não é que agora não o leve, mas para já tem sido um projecto mais pessoal e tenho tido dificuldade em arranjar tempo para o estar sempre a actualizar.

 

E se te propusessem escreveres um livro sobre o blog, como reagirias? Aceitarias? Porquê?

Acho que me sentiria lisonjeada e talvez aceitasse, se não tivesse um bloqueio criativo a meio. Ser escritora é algo que sonho desde pequena e o blog é uma plataforma que me permite, de certa forma, sentir o que é escrever conteúdo para as pessoas.

 

A Minha Entrevista

 

Obrigada pela oportunidade e amei amei fazer parte deste projecto.

A vida de Bloggers traz destas coisas tão boas! Sermos Bloggers é que proposrcionou este encontro (de trabalho). Um trabalho bem divertido e tinha comida, Claro, ser Touro e não falar de comida é quase pecado.

Gostei imenso de te conhecer!

Beijinhos

Blogger

Onde Ir Buscar Ideias? || Mundo das Bloggers

Olá Nossos Devanienses!

Recentemente uma blogger muito querida, questionou-me onde eu ia buscar as minhas ideias. As ideias surgem-me normalmente, dai não ter lidado bem com o meu primeiro e recente bloqueio criativo. Como desabafei com vocês, pensei que nunca iria passar por essa fase. Tão ingénua. Agora sei que é normal, seja blogger há dez meses ou há dez anos. Acontece em qualquer trabalho.

Respondi-lhe que como escrevo sobre um pouco de tudo, arranjo sempre (até com o bloqueio que tive). O tema do blog é algo que te sentes à vontade. No dia-a-dia.

Ainda lhe disse para vir morar para o Porto. Não tem nada que morar longe. E também há uma blogger muito fofa que mora no Algarve. Temos que alugar uma cidade só para nós: Cidade das Bloggers. Que belo tema. Mistério resolvido, é assim que surgem as ideias: com desabafos, leituras, conversas, observar o que nos rodeia (apesar de ser bastante distraída).

Ela disse que, apesar de falar de tudo, por vezes tem bloqueios gigantes. Eu aconselhei-a a desabafar com as suas leitoras, a entregar-se a elas para entender, através da escrita o que se passa. Eu soube que era mais ansiedade do que outra coisa, no meu caso. Mostra que temos dificuldades como em qualquer profissão. Desmistificar a nossa profissão. Em todas as profissões é assim e ser blogger não é excepção. Temos de mostrar isso a quem nos acompanha. Também temos stresses  no nosso trabalho. Seja uma parceria que correu mal ou um bloqueio criativo. Mostrar que não é só com eles. Mostrar o outro lado. Há bloggers que gostam de mostrar só a parte boa, mas isso faz com que haja muita gente a achar que a vida de blogger é fácil, cheio de parcerias e glamour. Não é. É uma profissão dura como qualquer outra. É um trabalho. Mostrar esse lado, também são bons temas para posts.

Beijinhos