Português

ERROS DE PORTUGUÊS || VAMOS EM FRENTE

Olá Nossos Devanienses!

 

Resultado de imagem para erros de português

 

O maior terror do Mundo são os erros de escrita. LER. LEIAM, obrigada.

Não é preconceito linguístico, é falta de Valorização Pessoal. Arrepia mesmo.

Porquê que há pessoas que escrevem “faço” com dois eses? Porquê que há pessoas que escrevem “mas” com i?

Se a pessoa que escreve mal quiser, pode escrever bem num ano. Só se quiser, claro. Basta ler. Não importa o nível de escolaridade, porque há pessoas do nono ano que escrevem bem e um Engenheira que escreve “peneu”. Sim, ficou o trauma nessa Engenheira que escrevia “peneu” nos email. Como é possível? Não lê, simples. Se lesse escreveria “pneu”. Nem uma criança de oito anos dá esse erro, mas os Engenheiros são Deuses (na cabeça de algumas pessoas) e podem dar erros.

É tão difícil ler para não dar erros? É só sentar e ler. Em vez de ver televisão que é desinformação, leiam. Simples.

Vamos dizer porquê que a televisão é desinformação, Francisca? Porque o dinheiro paga para a noticia ser divulgada de maneira que dê mais jeito. Vamos a factos? Peguem em dois jornais diferente. Abram numa notícia com o mesmo tema. Leiam as duas noticias. Parecem dois temas diferente. DINHEIRO.

É importante não dar erros. É importante ter Valorização Pessoal.

“Para mim me distrair.”

“Os Pais dela foi de viagem.”

“Vós as duas.”

“Elas está bem.”

“Mim segue no Instagram.”

“Ela é meia confusa.”

O importante é entender? Não, o importante não é entender, mas fazer entender. Sabem como fazer entender? Escrevendo bem. Sabem como escrever bem? Lendo.

“Mas eu não tenho dinheiro para comprar livros.”. VAI A UMA BIBLIOTECA.

“Mas eu não gosto de ler.”. Gosta de dar erros? Tem de encontrar o género literário que se encaixa consigo.

“Mas eu só gosto de Crepúsculo.”. O importante é ler e não o que se ler. Pronto, é bom ler conteúdo para termos uma boa bagagem, mas não dar erros também importante.

“Mas eu…” Mas eu nada. Vai ler. Tens cinco minutos livres? Usa esse tempo para ler. Vê vídeos no Youtube sobre erros como da Marcela Tavares.

Beijinhos

Português

VÓS VS VOCÊS || PORTUGUÊS CORRECTO

Olá Nossos Devanienses ( E A Tudo Que É Correcto )!

 

 

Infelizmente, há muita gente que não sabe como usar o pronome pessoal Vós e Vocês. Não, não são meia-dúzia de pessoas e mesmo que fossem, têm o direito a saber como se distingue, não é mesmo?

O pronome pessoal Vós é o plural majestoso. Isto quer dizer que era mais usado na altura da monarquia para ser usado com a Realeza. Porém, mesmo sendo plural é apenas para uma pessoa.

Vamos exemplificar: Vossa excelência pretendeis tomar o Pequeno-Almoço agora, meu caro Rei?”, “Vos estais muito elegantes, meu caro Rei. E vós também, minha cara Princesa”.

Dois exemplos muito concretos. No segundo exemplo, falou-se de duas pessoas, mas de forma individual. Se for para falar das duas ao mesmo tempo escrever-se-ia “ Vocês estão muito elegantes.”.

Vós é para dirigir a uma pessoa.

Vocês para duas ou mais pessoas.

Simples, não é? Espero que quem cometia este erro que o corrija. Só aprende, hoje em dia, quem quer, não é mesmo?

Beijinhos

Português

Arreceber Vs Receber || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

Hoje em dia, só fala e escreve mal quem quer. Todos temos acesso à informação. Nunca é demasiado tarde para aprender. Só não aprende quem não quer.

Não é obrigado a tal. Se quiser falar e escrever mal, a situação é dela. Corrige-se, se a outra pessoa quiser continuar com erro, continua.

Ler é a melhor solução para se escrever e falar melhor.

Ambas as formas estão correctas, porém o mais correcto é “receber”.

Posso dizer que pensava que ” arreceber” não existia.

Beijinhos

 

Português

Meio Vs Meia || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

 

Se eu te dissesse que ela é meia stressada, corrigir-me-ias? Não? Mas eu agradecia.

A forma correcta é que ela é meio stressada.

Meio é um advérbio, logo não tem qualquer tipo de flexão na língua portuguesa. Não sobre qualquer tipo de mudança, seja o adjectivo a seguir no feminino ou no masculino.

Sendo uma palavra invariável.

Meia é de calçar. Faz falta com este tempo. Quem quiser oferecer, está a vontade.

Beijinhos

Português

Amostrar vs Mostrar || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

 

Cada vez mais é importante ter um português minimamente correcto. Não só por ser socialmente melhor, mas também por nós próprios. Hoje em dia, só escreve mal e fala mal quem quer. Uma gralha ou outra, um erro ou outro, é humano, porém nós temos todas as informações ao virar da esquina. Temos a internet, temos livros e tudo mais que nos pode dar o conhecimentos, se nós quisermos.

Se alguém, hoje em dia, até aos cinquenta, sessenta anos tem um português errado é porque quer. Têm acesso ao conhecimento. Estamos em pleno século vinte e um. Temos livros que enriquecem a nossa imaginação, mas também a nossa linguagem. Não importa qual seja o livro, o importante é ler. Seja em ebook ou em papel. Pessoalmente, detesto ebooks. Amo o cheiro dum livro em papel.

Amostrar está completamente errado. O “a” encontra-se a mais. A forma correcta só verbo é mostrar. Este erro não é assim tão descabido, visto que dizemos, por exemplo, “Aquela mulher tem as meias à mostra .” e pode confundir.

Podemos concluir, então, que só devemos usar “mostrar” e “à mostra”. Nunca, em tempo algum, amostrar.

Beijinhos

Português

Concerteza VS Com Certeza || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

 

Concerteza ou com certeza, eis a grande questão?

Já ouvi uma pessoa licenciada a dizer que dá das duas maneiras, mas concerteza era o mais correcto. É para vocês verem que a licenciatura não define tudo. Não define nada aliás. Se formos a ver, há pessoas com canudo muito burras, só passavam porque decoravam. Decorar não é entender.

Hoje em dia, as habilitações não são sinónimo de muita coisa, infelizmente. Pelo menos, em Portugal. Conheço uma pessoa com o 12ºano que é inteligente. Poderia ser culto, mas não quer. Tem preguiça de ler. Poderia ser um exemplo para os filhos? Poderia ser um exemplo para os filhos.

Ler é super importante! Nos dias de hoje, não importa o que lês, mas se lês. Podes estar a ler um livro sem qualidade nenhuma, algo comercial, mas ao menos, estás a ler. LÊ!

Só existe uma forma correcta que é com certeza.

Sendo uma locução adverbial formada pela proposição com e pelo substantivo certeza. 

Beijinhos

 

Português

A Sério ou Assério || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

 

Durante os meus tempos de vida, li várias versões. Dá uma volta horrível ao estômago. Não estou a brincar. Já li: asério, assério, acério, açério, azério.

Pode-se dizer que estão completamente erradas? Não, de todo.

A sério significa deveras.

Asserio é o nome que se dá a um tipo de uva branca.

Todas as outras estão erradas. Nem o Novo Acordo salva. Por agora, depois de tantos estragos, não sei. Fico assustada com essa possibilidade. 

Parem, só parem.

Beijinhos

 

Português

Para VS Pára || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

 

 

Este tema foi pedido pela Sara Sampaio. A Sara, tal como nós, detesta o Novo Acordo e deixa-a muito confusa.

Como todos sabemos, o Novo Acordo estragou muita coisa. Uma dessas coisas foi o verbo parar. Deveria ser proibido mexer em verbos. Não faz sentido algum como o restante Novo Acordo. Chega de mudar a Língua. Só por gentileza.

Não possível que ninguém tenha reparado nisto. O Novo Acordo demorou 20 anos a ser posto em prática. Quietinho estariam muito bem.

O verbo tinha o acento bonitinho para não ser confundido com “para”, a preposição.

Retirar os acentos de qualquer palavra não faz o menor sentido. Tanto nesta palavra como em qualquer outra. Ficam feias sem o seu acento.

Segundo o Novo Acordo de 1990, a forma correcta é para. Porem, contudo, entretanto, o bom senso refere-se a pára como modo correcto de se escrever.

Beijinhos

 

 

Português

A Partir ou Apartir || Português Correcto

Olá Nossos Devanienses!

 

O eterno dilema de muita gente: A partir ou apartir.

O objectivo desta Rubrica é acabar com essa dúvida. Com esta e com muitas outras que possam surgir. Palavras que induzem em erro não faltam para trabalharmos aqui.  Trabalhar-as-emos com todo o prazer. Pesquisaremos para vos dar as informações mais correctas. Se tivermos erradas, também estaremos aqui para corrigir.

A forma correcta é a partir. Tudo o resto está errado. Nem venham com o Novo Acordo.

Apartir é errado e à partir é ainda mais errado. Ambas não existem.

A (espacinho) partir.

Beijinhos