Experimentar Sushi por ai

EXPERIMENTAR SUSHI POR AI || NOVA TEMÁTICA

Olá Nossos Devanienses!

 

 

Eu fui, no passado dia trinta de Dezembro de dois mil e dezanove, com a nossa querida Enfermeira K ao Sakurai Bar, em Vila Nova de Gaia. Porém, a Enfermeira K não teve tempo para usufruir e não gostou muito. Mesmo assim, convidei-a para ir lá de novo este mês para comemorarmos o Dia dos Namorados. Francisca, podemos comemorar com quem quisermos. Esse é um pormenor.

Já era de esperar que não aceitasse, mas quem estar com alguém, convida para algo, mesmo sabendo que a outra pessoa não quer ou não pode. O “não” é garantido. E então, a Enfermeira K sugeriu que experimentassemos outro restaurante. Foi dai que tirei esta ideia: Experimentar Sushi por ai.

 

 

Então, ofereceu-se para escolher, mas dei-lhe três requisitos:

-Ser buffet,

-Ser feito na hora,

-Ser até quinze euros.

Existiram muitas discussões. A partir de agora, vamos todos os meses experimentar restaurantes de sushi, tirar muitas fotografias e partilhar com vocês. Sugestões na zona do Porto. Claro, também para encher o Instagram com as melhores fotografias.

 

 

O ponto das discussões que tivemos foi mesmo por isto: A Enfermeira K não entende o meu trabalho. Eu também não entendo o trabalho dela como Enfermeira. Porém, eu não acho que é tudo uma brincadeira e como se pode ver, ela acha. Sim, Francisca, eu não tenho nada para esconder aos meus Leitores. Eu preciso de fotografias e não posso desperdiçar, porque a câmara é boa.

Claro que tinha de vir “Eu achava que só querias a minha companhia.”. Eu gosto de juntar o útil ao agradável. Se eu posso trabalhar e estar com a Enfermeira K, porquê não o fazer? Mas eu entendo, também sou ciumenta. A minha Virginiana mais querida. E claro que tinha de ter a frase “Lê esta conversa e dá a tua opinião como Virginiana. Ele irrita-me tanto, ultimamente.”. Francisca, indirectas? Eu? Eu sou uma santa. Repara bem na minha auréola. Ao menos, a Enfermeira entendeu porquê que o andava a evitar. Como eu andei com pressa nos últimos dias.

 

 

Rimo-nos muito. Eu dava-lhe com o menu na cabeça e ela ameaçava com o seu Karaté. Eu esqueço-me sempre que a Enfermeira K anda no Karaté. Não, não é K de Karaté. É a inicial do nome dela. Ficamos lá das doze até ao fecho.

E ainda estamos a tentar entender se as pessoas ao nosso lado eram Pai, Mãe e Filho ou se era um casal frente a frente e um Amigo do casal ao lado. Nós divertimo-nos assim. Não é defeito, é feitio.

Claro que eu estava sempre a dizer. “Tira-me fotografias.”, “Tira fotografias a sério (Ou seja, sem filtros).”,”Não comas! Fotografa antes!”. Claro que ela rebatia “Estou de fome.” e eu respondia “Quanto mais tempo demorares a tirar, mais esperas para comer. E eu não tomei o Pequeno-Almoço.”. Faz sentido, não iria tirar no estómago dela.

 

 

Os momentos com a Enfermeira K são únicos e ainda tive tempo para lhe aconselhar o El Hijo que visualizei na Netflix dela.

Serão bons momentos. Com a Enfermeira K são sempre bons momentos, até quando discutimos. Sim, é verdade, eu e a Enfermeira K discutimos. Já tivemos quase um ano sem falar. Insisti e estamos juntas hoje “A tua prenda está na caixa do correio! Anda cá!”. Mesmo chateadas, eu tinha uma prenda para ela. Foi após a viagem que fizemos juntas a Lisboa no meu aniversário. Só ela sabe o motivo. Mas foi muito louco. Adormecemos perto da Fonte do Greg. Acordaram-nos. Disseram que ela estudava ali em Lisboa e eu era do Algarve e vim visita-la. Ainda disseram para eu me lembrar deles na Segunda-feira, no meu aniversário. Negamos? Não. Só ficamos lá dois dias. Adoro esta miúda.

Pronto, falando do sushi. Ri-me tanto que me doeu a barriga. Estava a precisar. Ri-me com esta fotografia nada profissional:

 

 

Já sabes, Enfermeira K, que podes ir tomar no chá! Francisca, pensavas que iria escrever o quê? Me respeite! Ela bebeu. Eu não bebo ao Almoço, nem ao Jantar. E pediu uma coisas com carne e Chinesas. Eu tive de fazer humor negro, claro. Esperemos que sejam todos muito divertidos.

O próximo será em Março deste ano.

Beijinhos

 

 

 

Experimentar Sushi por ai

EXPERIMENTAR SUSHI POR AI || FEAT ENFERMEIRA K

Olá Nossos Devanienses!

 

 

A Enfermeira K deu-me uma ideia fantástica de experimentarmos um restaurante de sushi todos os dias. Começamos com o Sakurai em Vila Nova de Gaia. Este foi escolhido pela Enfermeira K. O Restaurante é o Sakura-Sakura San, em Matosinhos. O mais fantástico é que se pode escolher da carta, pois é feito na hora e paga-se apenas 11,99 euros ao Almoço e 16,99 euros ao Jantar. Porém, se pagarem em dinheiro tens um desconto.

Comemos tanto, mas tanto! Rimo-nos bastante. Foi o nosso Dia dos Namorados adiantados. Sim, porque a Enfermeira K vai passear por ai. Existiram prendas fofas.

 

 

A variedade era tanta, mas tanta que eu quis um barquinho de sushi só para colocar no Instagram e estava cheia, por isso não dá. Sim, eu fico cheia e não satisfeita. Meu corpo, minhas regras.

Até sobremesas tem! Comemos quase todas. Deixamos para trás o leite frito. Tive receio que fosse com leite de vaca e e eu não sou uma bezerra. Cada coisa a quem é devido.

Tiramos montes de fotografias que poderás acompanhar no Instagram. Esta foi a minha favorita:

 

 

Beijinhos