Texto Pessoal

ELA MORAVA EM NOVA IORQUE || TEXTO PESSOAL

Olá Nossos Devanienses!

 

Dia dos Namorados, Amor, Romance, Coração, Amorosa, Papel

 

Ela é de Nova Iorque. Ela é incrível. Ela acha que somos fantasmas na vida uma da outra. O que está a acontecer? O meu coração bateu mais forte e sem respostas. Os cabelos dela são sedosos. Os lábios são vermelhos. Estão sempre pintados de vermelho. Cabelo laranja. Cabelo de sereia.

Existe uma coisa especial nos primeiros encontros. Especial? Talvez.

Ela é de Nova Iorque.

Ela é de Nova Iorque.

Ela é de Nova Iorque.

Ela é timida. Tem olhos cor de cinza da lareira do Inverno mais frio. Não suspiro. Não suspiro. Não suspiro, porque ela é de Nova Iorque.

Beijinhos

Resenha

RESENHA DO FILME || MEMÓRIAS ROUBADAS

Olá Nossos Devanienses!

 

Resultado de imagem para memória roubada netflix

 

Estou abismada. Muito melhor do que o El Hijo,outro grande sucesso, a meu ver, da Netflix. Fiquei arrepiada do principio ao fim. Se eu passasse pelo que ele acha que passou no início, reagiria da mesma maneira.

A estória deu tantas reviravoltas que quase doeu. Cada chapada no espectador. Adorei bastante. É um filme que, pela minha visão, prende bastante.

 

Resultado de imagem para memória roubada netflix

 

 

Esta produção é incrível. Todos os seus pesadelos eram reais. Na situação dele, eu faria o mesmo. Faria mesmo. Sem qualquer tipo de dúvida. É um filme quase doentio de tão forminável.

A Netflix tem apostado muito forte. Nada a ver com Vende-se esta casa. Muito superior. A Netflix está a deixar muito a desejar e com bastantes expectativas. Aconselho a mil por cento.

Beijinhos

Texto Pessoal

VAMOS LÁ || TEXTO PESSOAL

Olá Nossos Devanienses!

 

Coração, Cartão, Pastéis, Figura, Dia dos Namorados, Amor

 

Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá. Vai fazer o quê? Estou à espera. Mas enquanto espero, dá-me licença, vou trabalhar. Porém, se queres enfrentar, lê bastante só para evitares os erros. A pontuação também é importante. Se queres fazer isto de forma suave, não batas com a cabeça no teclado. Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá.

Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá. Eu não preciso de comprar seguidores. Ups. Magoou? Poderia ser pior. O amor não foi bastante. Tu nunca deste valor ao que fiz por ti. Escreves errado só para me irritares. Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá.

 

Literatura, Encadernações, Página, Livro, Papel, Amor

 

Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá. Sobre mim: Não prometo amar-te pelo resto da tua vida, mas pelo resto da minha. Porém, para isso, tens de evoluir como ser humano. Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá.

Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá. Louca por mim? Não me digas! Se estou bem? Está, está, está. Estou com pressa. Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá.

Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá.

Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá.

Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá.

Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá. A minha biografia é tão fofa com todas as verdades. Como foi a sua manhã? Porquê que queres saber se vou ficar naquele departamento? Não preciso de tanto para me livrar de ti. Não devo explicações a ninguém. Anda a evitar-te? Nunca! Ironias à parte.

 

Retrato, Pessoas, Escuridão, Arte, Preto e Branco

 

Se fosse para dar match não me irritarias tanto. Desaparece. Deixa para lá. Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá. Vamos relaxar. Vamos receber uma massagem… Massagens? Ela está-me a mandar uma mensagem. Que irritante! Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá.

Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá.

Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá.

Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá.

Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá. Há pessoas e pessoas. Lê uns livros. Depois falamos. Vamos lá. Vamos lá. Vamos lá.

Beijinhos

Expectativa

EXPECTATIVA DO FILME || MEMÓRIA ROUBADA

Olá Nossos Devanienses!

 

Resultado de imagem para memória roubada filme

 

A Enfermeira K mudou novamente a passeword da Netflix. Depois de meia hora de códigos, entrei. És linda!

Segundo a Netflix, Jin-Seok persegue a verdade por detrás do rapto do Irmão, que regressou um homem aparentemente diferente e sem memórias dos últimos dezanove dias.

Lembrei-me logo do livro “Um estranho em casa” de Patricia MacDonald.

 

Resultado de imagem para memória roubada filme

 

Um filme da Netflix onde se pode ver o trailer. Pelo que se pode ver, o dito Irmão foi sequestrado à frente do outro. Demasiado doloroso. Ele voltou, passados dezanove dias, sem nenhuma lembrança. No caso do livro mencionado em cima, foram onze longos anos.

“Onde você foi ontem à noite?”

“Isso é tudo que você quer saber?”

Falam de medicação. Foi um sonho? Discussão. Um copo de vinho parte-se no chão. “Aquele não é o meu Irmão.”. Será que ele voltou mesmo? Não será uma negação?

“Eu não tenho ninguém. Eu não posso confiar em ninguém.”

Ele tenta descobrir a verdade. Qual é a verdade?

Beijinhos

 

Texto Pessoal

NÃO CONSIGO, NÃO CONSIGO, VOU CONTINUAR || TEXTO PESSOAL

Olá Nossos Devanienses!

 

Bush, Roseira, Rosas, Flores, Flor De Rosa, Rosa

 

Não consigo, não consigo, vou continuar. Era para ri ou para ignorar? Poupa-me! Queres o quê? Só podes querer irritar-me! Quero lá saber o que ela faz! Ah, pois é! Vou por mais alto, até. Lá vou eu e tu ficas para trás. Não consigo, não consigo, vou continuar.

Não consigo, não consigo, vou continuar. Tu tens o quem? É meu! Vamos elevar a fasquia. Suave. Espera ai… Roubaste-me e eu vou mais fundo… Para começar, uma salva de palmas para ti. Eu até tenho jeito e ele gostou. Não te acho muito piada. O teu Melhor Amigo… Escusas de dizer que é mentira! Com calma! Não consigo, não consigo, vou continuar.

 

Amor, Dia dos Namorados, Coração, Apaixonado, Romântico, Papel de parede

 

Não consigo, não consigo, vou continuar. Agora, aguenta! Estou sempre muito bem. Não reajas. Não tens argumento. Não tens resposta. É ele que faz tudo por ti. Nega! Nega! Nega! Não consigo, não consigo, vou continuar.

Não consigo, não consigo, vou continuar. Tipico. Eu não sou como tu! Eu sou tão parva? Então, vai para longe. Não consigo, não consigo, vou continuar.

Não consigo, não consigo, vou continuar.

Não consigo, não consigo, vou continuar.

Não consigo, não consigo, vou continuar.

Vou até tirar os phones para reagir… Espera, estou com pressa. Eu estou melhor em todos os sentidos. Tu estás num Ferrari e eu num helicópetro. Adeus. Não consigo, não consigo, vou continuar. Não precisas de ter o meu nome na tua boca. Não te esqueças, devolve.

Beijinhos

Português

NÃO SE USA “É” || USA-SE “SÃO”

Olá Nossos Devanienses!

Livros, Homem, Pessoa, Homem de negócios, Professor, Professor

As minhas viagens de autocarro dão-me algumas inspirações para artigos.

Estava uma… Sim, Francisca, vou ser politicamente correcta. Eu sei que não se pode usar a palavra velha, mas sim senhora. Francisca, posso? Estava sentada no autocarro de phones a ouvir uma música qualquer de Dreicon. “A gente se encaixou tipo a voz e o violão. Com você eu sou a melhor versão. Arrumou minha vida e bagunçou o colchão inspira poesia melhor que Drummond. Vou tatuar você na mente, para sempre precisa nem dizer, só sente yeah.”. Então, tinha uma senhora (Está bem assim, Produção? Grata) a falar alto. Soltou uma frase que me deixou “Wha…?” em vários sentido. Preparados? “Os animais é uma preocupação.”.

Pois, qualquer animal, incluido o ser humano, são uma grande preocupação. Mas ela falou num tom muito despreciativo. Tipico de quem não gosta de animais. E outras babaridades do género. Que uma vizinha não podia ir à aldeia (Imaginem à aldeia) por causa do cão e agora pode porque ele desapareceu ou morreu e é melhor assim. Completamente desumano.

Livros, Homem, Pessoa, Homem de negócios, Professor, Professor

Vamos entender uma coisa simples e básica: Se o sujeito é no plural, o verbo também o é. É um erro tão comum. Estamos no século vinte e um! Existe uma coisa chamada concordância verbal. A não ser que estejas no século quinze.

Como é que parece correcto na cabeça de tanta gente? Não vos soa estranho? Não param para pensar que algo não bate certo? É assim tão banal? Nem tudo que é banal é normal.

Acho surreal, mas isso sou eu. Nos livros tem deste modo? Nos livros da Biblioteca? Penso que não. Sim, livros da Biblioteca. Há mil e uma maneiras de ter livros para ler. Existe a possibilidade de alugar nas Bibliotecas. Pode-se comprar em segunda, terceira mão. Pode-se pedir emprestado, MAS DEVOLVAM!

Livro, ler, literatura, páginas, páginas de livro, aprender, papel

É muito simples:

-Sujeito no singular, verbo no singular.

-Sujeito no plural, verbo no plural.

Eles são…

Elas são…

Ele é…

O gato é…

Você para mim é…

O vinho Mayor Drummond é…

Os Whisky Glen Drummond são…

Os Portugueses do Brasil são fãs de…

Lembrem-se de mim: O Sujeito tem de concordar com o verbo!

Beijinhos

Experimentar Sushi por ai

EXPERIMENTAR SUSHI POR AI || NOVA TEMÁTICA

Olá Nossos Devanienses!

 

 

Eu fui, no passado dia trinta de Dezembro de dois mil e dezanove, com a nossa querida Enfermeira K ao Sakurai Bar, em Vila Nova de Gaia. Porém, a Enfermeira K não teve tempo para usufruir e não gostou muito. Mesmo assim, convidei-a para ir lá de novo este mês para comemorarmos o Dia dos Namorados. Francisca, podemos comemorar com quem quisermos. Esse é um pormenor.

Já era de esperar que não aceitasse, mas quem estar com alguém, convida para algo, mesmo sabendo que a outra pessoa não quer ou não pode. O “não” é garantido. E então, a Enfermeira K sugeriu que experimentassemos outro restaurante. Foi dai que tirei esta ideia: Experimentar Sushi por ai.

 

 

Então, ofereceu-se para escolher, mas dei-lhe três requisitos:

-Ser buffet,

-Ser feito na hora,

-Ser até quinze euros.

Existiram muitas discussões. A partir de agora, vamos todos os meses experimentar restaurantes de sushi, tirar muitas fotografias e partilhar com vocês. Sugestões na zona do Porto. Claro, também para encher o Instagram com as melhores fotografias.

 

 

O ponto das discussões que tivemos foi mesmo por isto: A Enfermeira K não entende o meu trabalho. Eu também não entendo o trabalho dela como Enfermeira. Porém, eu não acho que é tudo uma brincadeira e como se pode ver, ela acha. Sim, Francisca, eu não tenho nada para esconder aos meus Leitores. Eu preciso de fotografias e não posso desperdiçar, porque a câmara é boa.

Claro que tinha de vir “Eu achava que só querias a minha companhia.”. Eu gosto de juntar o útil ao agradável. Se eu posso trabalhar e estar com a Enfermeira K, porquê não o fazer? Mas eu entendo, também sou ciumenta. A minha Virginiana mais querida. E claro que tinha de ter a frase “Lê esta conversa e dá a tua opinião como Virginiana. Ele irrita-me tanto, ultimamente.”. Francisca, indirectas? Eu? Eu sou uma santa. Repara bem na minha auréola. Ao menos, a Enfermeira entendeu porquê que o andava a evitar. Como eu andei com pressa nos últimos dias.

 

 

Rimo-nos muito. Eu dava-lhe com o menu na cabeça e ela ameaçava com o seu Karaté. Eu esqueço-me sempre que a Enfermeira K anda no Karaté. Não, não é K de Karaté. É a inicial do nome dela. Ficamos lá das doze até ao fecho.

E ainda estamos a tentar entender se as pessoas ao nosso lado eram Pai, Mãe e Filho ou se era um casal frente a frente e um Amigo do casal ao lado. Nós divertimo-nos assim. Não é defeito, é feitio.

Claro que eu estava sempre a dizer. “Tira-me fotografias.”, “Tira fotografias a sério (Ou seja, sem filtros).”,”Não comas! Fotografa antes!”. Claro que ela rebatia “Estou de fome.” e eu respondia “Quanto mais tempo demorares a tirar, mais esperas para comer. E eu não tomei o Pequeno-Almoço.”. Faz sentido, não iria tirar no estómago dela.

 

 

Os momentos com a Enfermeira K são únicos e ainda tive tempo para lhe aconselhar o El Hijo que visualizei na Netflix dela.

Serão bons momentos. Com a Enfermeira K são sempre bons momentos, até quando discutimos. Sim, é verdade, eu e a Enfermeira K discutimos. Já tivemos quase um ano sem falar. Insisti e estamos juntas hoje “A tua prenda está na caixa do correio! Anda cá!”. Mesmo chateadas, eu tinha uma prenda para ela. Foi após a viagem que fizemos juntas a Lisboa no meu aniversário. Só ela sabe o motivo. Mas foi muito louco. Adormecemos perto da Fonte do Greg. Acordaram-nos. Disseram que ela estudava ali em Lisboa e eu era do Algarve e vim visita-la. Ainda disseram para eu me lembrar deles na Segunda-feira, no meu aniversário. Negamos? Não. Só ficamos lá dois dias. Adoro esta miúda.

Pronto, falando do sushi. Ri-me tanto que me doeu a barriga. Estava a precisar. Ri-me com esta fotografia nada profissional:

 

 

Já sabes, Enfermeira K, que podes ir tomar no chá! Francisca, pensavas que iria escrever o quê? Me respeite! Ela bebeu. Eu não bebo ao Almoço, nem ao Jantar. E pediu uma coisas com carne e Chinesas. Eu tive de fazer humor negro, claro. Esperemos que sejam todos muito divertidos.

O próximo será em Março deste ano.

Beijinhos

 

 

 

Experimentar Sushi por ai

EXPERIMENTAR SUSHI POR AI || FEAT ENFERMEIRA K

Olá Nossos Devanienses!

 

 

A Enfermeira K deu-me uma ideia fantástica de experimentarmos um restaurante de sushi todos os dias. Começamos com o Sakurai em Vila Nova de Gaia. Este foi escolhido pela Enfermeira K. O Restaurante é o Sakura-Sakura San, em Matosinhos. O mais fantástico é que se pode escolher da carta, pois é feito na hora e paga-se apenas 11,99 euros ao Almoço e 16,99 euros ao Jantar. Porém, se pagarem em dinheiro tens um desconto.

Comemos tanto, mas tanto! Rimo-nos bastante. Foi o nosso Dia dos Namorados adiantados. Sim, porque a Enfermeira K vai passear por ai. Existiram prendas fofas.

 

 

A variedade era tanta, mas tanta que eu quis um barquinho de sushi só para colocar no Instagram e estava cheia, por isso não dá. Sim, eu fico cheia e não satisfeita. Meu corpo, minhas regras.

Até sobremesas tem! Comemos quase todas. Deixamos para trás o leite frito. Tive receio que fosse com leite de vaca e e eu não sou uma bezerra. Cada coisa a quem é devido.

Tiramos montes de fotografias que poderás acompanhar no Instagram. Esta foi a minha favorita:

 

 

Beijinhos

 

Expectativa

EXPECTATIVA DO LIVRO || O DIÁRIO DA MINHA MELHOR AMIGA

Olá Nossos Devanienses!

 

Resultado de imagem para O diário da minha melhor Amiga"

 

Mais um livro que deveria ter sido lido em Agosto do ano passado. Espero ainda ir a tempo, não é mesmo? Tem uma capa bastante fofa e um cachorro. Prefiro gatos, eles são o meu animal preferido, mas isso não vêm ao caso. Faz-me lembrar, pela capa, a história do cão que quer arranjar um Namorado para a dona.

 

Resultado de imagem para Procura-se namorado para a minha dona livro"

 

Se for do género é mesmo divertido! Os cachorros, normalmente, são inocentes e dependentes. Dai preferir gatos.

A sinopse diz-nos o seguinte:

Jill Abramson, diretora editorial do jornal The New York Times, viu a sua vida mudar drasticamente com a morte do seu cão, Buddy, seguida de um dramático acidente e uma depressão. Mas o marido, os filhos e os amigos sabiam algo que ela teimava em negar: o seu amor pelos animais seria a forma mais rápida e feliz de ultrapassar aquela fase negra da sua vida. E não podiam estar mais certos. Neste terno e comovente relato, Jill partilha os momentos mais intensos e reveladores dessa relação que lhe permitiu voltar a ter fé no futuro e alegria de viver.

 

Resultado de imagem para O diário da minha melhor Amiga"

 

Um animal ajuda sempre, dependendo dos nossos gostos ( Não me refiro a alimentares). Eu prefiro gatos, dai que os mesmos me façam um efeito mais terapeutico. Quem gosta de cães, penso que tem o mesmo efeito.

Digo uma coisa de coração: É maravilhoso dormir com gatos!

Eu tinha uma gata que dormia comigo num quarto. Eu gosto de dormir de lado e tenho a cintura fina. Ela dormia em cima da minha cintura. Era um peso bom. Era a Olívia. Veio dum Veterinário. Aquele momento resultava como algo bom, muito bom mesmo. Eu digo, fora do prato, os outros animais são fantásticos na nossa vida. Escrevo “outros animais”, porque o ser humano é um animal.

Espero que seja uma boa leitura.

Beijinhos

Sociedade

QUEREM TUDO DADO || NECESSIDADE DE RECLAMAR

Olá Nossos Devanienses!

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

Vamos começar por pedir à Produção, por gentileza, os CheeseBurgers da Francisca e chá para mim. Grata.

Agora vamos ao drama: O café não tem o direito de cobrar por algo que é seu, segundo algumas mentes.

Não queres, não peçam. Simples. A conta da água não é um mito urbano. Já agora, que tal dar todos os artigos? Levem! É tudo vosso. Se a água é deles, têm o direito de cobrar, pois eles também são cobrados.

 

Dólar, Moeda, Dinheiro, Dólar Americano, Franklin, Parece

 

Vocês podem cobrar, mas os outros não podem. Porquê que vocês não dão o que andam a vender no Facebook? Pois, na vossa cabeça, o vosso caso é sempre diferente. Diferente até demais.

Há outras opções, sem ser criticar:

-Encher uma garrafa na tua residência e pagares no final do mês na tua conta da luz;

-Comprares no hipermercado e pagares na caixa;

-Ires a uma fonte à beira da estrada (Há bastantes espalhadas pelo País);

-Etc.

 

Luta livre, Luta indiana, Competição, Luta

 

Vale a pena reclamar? Não. Quem quiser pagar o valor, vai paga! Vocês não têm nada a ver com isso. Cada um na sua vida. É como os Call-Centers, podem reclamar, mas vão haver sempre pessoas a quererem trabalhar, em vez de estarem a praticar o ócio num sofá. É um trabalho digno, simplesmente, quem gosta de brincar com esta profissão, nunca o faria para não lhe fazerem o mesmo.

Beijinhos