Miss L

MUDANÇAS PARA 2020 || MISS L

Olá Nossos Devanienses!

 

Fiat, Fiat 500, Automático, Oldtimer, Veículo, Clássico, Itália

 

Dois mil e vinte chegou e pede mudanças. Aliás, devemos melhorar todos os dias. Mas este ano, estive a pensar e gostaria de fazer algumas mudanças para melhorar ainda mais enquanto pessoa. no final espero ter cumprido tudo ou uma grande parte. São quatro pontos. Quatro pontos importantes para mim e vão-me fazer muito bem se conseguir. Se conseguir ou se tentar. Só se sabe se se consegue se tentarmos.

Vou colocar por tópicos e explicar cada um deles.

-Perder o medo de conduzir e comprar um carro.

Este é dois em um, pois um não faz sentido sem o outro. Se eu tiro aulas de condução sem carro é o mesmo de comprar um carro e não ter aulas.

Vamos começar do início. Eu passei na teórica com três. Alterei uma resposta no final. Não sei se foi bom ou mau, mas passei. Aliás, passei tudo à primeira.

O pior foi o Instrutor que me calhou no exame. É Instrutor que se chama? Whatever. Era um velho autêntico. Mal educado que só visto. Ele gritou-me durante o exame. Eu comecei a chorar. Eu tenho ansiedade, é verdade. Pensava que ia chumbar. Pior, estava no limite dos seis meses. Se chumbasse, teria de fazer tudo de novo. Passei e nunca mais consegui conduzir. Resumindo, ganhei medo. E eu achava que o mais fácil era estacionar.

Pior de tudo é que eu tirei a carta no dia trinta e um de Março de dois mil e nove. É verdade. Vai ter de ser este ano. A Enfermeira K já me tentou ajudar, mas vai ter de ser mesmo numa Escola de Condução. Faz sempre falta. Adormecer, precisar de ir às Urgência, etc. É uma mais valia.

 

Laptop, computador, negócio, tabela, papel, flores

 

-Não me preocupar tanto com as mudanças, rotinas.

Eu sou a Louca dos Signos e vou justificar-me com o meu Signo, porque posso. Eu sou de Touro e, como tal, amo rotinas. Até trabalhar em turnos rotativos exige uma rotina. Se de repente alguém me diz que o meu departamento vai reduzir e eu tenho de ir para outro, actualmente, ao primeiro aviso é entrar em pânico. Pensar em como vou pagar as minhas contas. Em vez de respirar e pensar “Calma, é só uma mudança de departamento. Vais aprender coisas novas. Vais crescer. Vais evoluir. Pode até ajudar-te a chegares onde queres.”.

Mas para mim, não existe a palavra “calma”. Da segunda vezes, estou stressada, mas não estou em pânico quase a chorar. Vou mudar de departamento? Óptimo! É um trabalho completamente diferente? Perfeito! É uma área que ando a fugir? Paciência. Ficar sem o trabalho é pior. Para mim o trabalho é oxigênio, por isso, tenho mais do que um.

O meu objectivo é lidar melhor com as coisas. Vão reduzir o pessoal e mandar para outros departamentos? Okay. Posso mudar isso? Não. Então, paciência. Se há uma mudança é porque tem de ser feita. Pode até ser bom para mim e eu não conseguir ver. Eu quero ver. Sim, Francisca, eu sei que ser miope não ajuda.

Não está nas minha mãos, stressar não é a solução. Vou-me prejudicar em vez de aproveitar a mudança. Vou aproveitar cada mudança!

 

Escritório em casa, Estação de trabalho, Macbook Air, Notebook, Escritório

 

-Não vou perder energias a explicar a quem não quer entender que ser Blogger é um trabalho de vinte e quatro horas por dia de Domingo a Domingo, principalmente porque o Blog é de Lifestyle

Não vale a pena tentar mostrar que ser Blogger é uma profissão a quem não quer aceitar. É perder tempo. Tempo esse que posso usar para trabalhar. “Tens de tirar férias.”, “Trabalhares oito horas por dia já é muito.”, “Não deves trabalhar aos Domingos e feriados e ao Sábado já é pedir muito.”. Esse tipo de pessoas não vale a pena, pois elas não querem entender. Se não querem, problema delas. As pessoas do século vinte e um sabem que ser Blogger é uma profissão. Sabem o tempo que exige. Sabem, pelo menos, respeitar.

Temos o compromisso de trazer para vocês um artigo todos os dias à uma da manhã. Fazemos de tudo para não falhar. Se fosse fazer o que os outros querem, este Blog não existiria. Este Blog faz parte de mim! Logo não faz sentido, perder tempo com essas pessoas.

Eu sei o valor do meu trabalho. Sei o que faço para atingi-lo. Sei que não engano os nossos Leitores. Sei todos os passos que dou para realizar cada artigo. O resto é resto.

 

Fallow Deer, Bull, Hirsch, Roe Deer, Portrait, Funny

-Não vão com a minha cara, sem me conhecerem, paciência!

Não sei se já te aconteceu, uma pessoa dá-te um óptimo conselho. Ficas muito agradecida. Passas por essa pessoa, cumprimentas e ela ignora. Tu ficas do género ” O que aconteceu?”. Deixas de falar com a pessoa, sempre que ela está próxima, o clima fica pesado. Mas respeitas. Porém não te sai da cabeça “O quê que eu fiz ou disse?”. Uma semana depois alguém diz-te “Talvez não te ouviu.”. Tu ficas “E se for verdade, o que faço? Se volto a falar com a pessoa, vai achar que sou maluca.”. Arranjas o contacto da pessoa e mandas mensagem, muito suave, “Oi. Não temos falado, mas gostaria de saber se está tudo bom contigo…”. Três minutos depois mandas (Porque a outra pessoa dos conselhos alertou-te) “Desculpa, sou a fulaninha.”. A pessoa não te responde, continua a ignorar-te quando antes falava contigo na boa. E tu ficar “What?!”.

Tu existes, és um ser maravilhoso, e a outra pessoa ignora-te? Não é possível. Vais perder energias com isso? Nem pensar!

Quem perde é outra pessoa, pois se tu tiveste de arranjar o número é porque nem te conhece. Não deu a hipotese de te conhecer de verdade, esquece. Passa à frente. Eu vou passar à frente. É o melhor para mim. É o melhor para ti.

Quem não te quer conhecer, problema dela. Mas mais vale, não falar contigo do nada do que inventar coisas sobre ti.

Vive a vida. Vive feliz!

São estes os meus pontos. Até para o ano para verificar se os cumpri (ou antes, pois tudo é um tema, se nós quisermos – Eu, Francisca e Produção).

Beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *