Sociedade

SALÁRIO MÍNIMO || ENGAJAMENTO FÁCIL

Olá Nossos Devanienses!

 

Moedas, Moeda, Investimento, Seguro, Dinheiro, Bancário

 

Há pouco tempo vi uma publicação com muito engajamento. Em pouco tempo entendi o porquê: A pessoa em questão estava a criticar um salário superior ao Salário Mínimo. Isto dá origem a engajamento fácil, pois vai ter comentários de dois tipos de pessoas:

-As que acham que o Salário Mínimo é o Salário Máximo;

-As que sabem que o Salário Mínimo não é o Salário Máximo.

Este tema gera confusão facilmente que dá origem a muito engajamento. É bastante simples, pois em Portugal a grande maioria pertence ao time “Pensem no Salário Mínimo”. Aquelas pessoas que acham que os Domingos e feriados não são dias como outros quaisquer, que o dinheiro é o único ganho e que ganhar mais do que o Salário Mínimo é errado.

 

Resultado de imagem para Ricardo Araújo Pereira criticas ordenado"

 

A pessoa em questão, fez um textão irónico a pedir desculpa por ter criticado Ricardo Araújo Pereira por ter aceite o tal salário superior ao Salário Mínimo. Isso gera tráfico fácil. Até os mídia jogam com essa mentalidade. É uma audência fácil de obter.

No lugar do Ricardo Araújo Pereira, essa pessoa iria dizer “Não aceito, pois não interessa o que lutei e trabalhar para estar onde estou. Tenho de pensar no Salário Mínimo, sentar-me nele, pois ganhar mais é errado. “. Não, não iria dizer isto. E quem critica, também não iria.

Como se costuma dizer, só sabe o que se passa no Convento, quem está lá dentro.

Mas o povo quer é criticar, sentado num sofá ao Domingo, pois no Domingo não se trabalha, porque é pecado. Trabalhar mais de oito horas? Nem pensar. Ter mais ganhos do que o dinheiro? Isso não existe. Ganhar mais do que o Salário Mínino? Deveria de ir preso para aprender que não é mais do que ninguém. Está-me a oferecer mais do que o Salário Mínimo para fazer o que eu já faço contrariado, pois estou sempre à espera da hora da saída? Claro que aceito, se menos horas, melhor!

 

Carteira, Dinheiro, Cartão de crédito, Bolso, Dinheiro, Bolsa

 

As pessoas só vêem o que querem. Não vêem o esforço, a dedicação, os livros lidos, as noites mal dormidas. Não, isso é uma utopia. O importante é estar horas a fio à frente da televisão a consumir nada. Porque ver televisão faz bem e ler faz mal. Se tu não vês televisão, és maluco. Se tu lês, estás a perder tempo. Se tu trabalhas aos Domingos e feriados, estás errado.

Se tu dizes “Quem me dera receber quantos as Ciganas ganham e tomar o Pequeno-Almoço no café todos os dias.”, tens muito engajamento. Se tu dizes “Passei a meia noite a descansar para trabalhar no dia um de Janeiro”, riem-se de ti. Cada um na sua vida!

Se tu dizes que é bom trabalhar, que adoras e isso te dá prazer. Se tu dizes que detestas férias. Estás errada! Porque tu, nesta Sociedade, tens de ser um urso. É errado só precisares de horas para descansar. Tens de te mentalizar que precisas de dias! Se tu dizes que te divertes a trabalhar, está errado. Não podes.

Se tu dizes, que foste a um novo restaurante para teres tema para um artigo, tu no restaurante divertiste-te e SÓ quando escreveste, trabalhaste. E que poderia ter pedido a opinião a uma Amiga para escrever. Não, eu vou aos restaurantes em trabalho, escrevo em trabalho e dou a minha opinião sobre o mesmo em trabalho. Todo o processo é trabalho! Digam o que disserem. Não vai mudar nada!

Beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *