Texto Pessoal

TODO O VENTO || TEXTO PESSOAL

Olá Nossos Devanienses!

 

Café, Uma Xícara De, Bacio, O Momento, Reunião, Romance

 

Pára. Sim, tu. Eu detesto café. É demasiado… sei lá, parece água suja. Pára. Espera um pouco. Preciso de aquecer as minhas mãos, já bebes. Espera um pouco! És mesmo viciado nessa coisa horrível. E ainda te aproximas com esse hálito.

Sim, uso gel de banho de café e dai? Qual é o problema? Qual é o problema? Qual é o problema? Pára de ser irritante, tenho frio!

Toma lá o raio do café! És mesmo um idiota! Vê o Catálogo de Natal. Escolhe algo para mim. Vai à página sessenta. Adoro esse conjunto. O melhor de tudo é que a empresa planta duas árvores por cada conjunto comprado. Oferece a todos. Nem pensas mais nos presentes de Natal. É útil. Todos precisamos duma toalha de rosto. Todos precisamos dum champó e esse tem trinta lavagem. Todos precisamos dum gel de banho e esse dá para quarenta usos. Ofereces-me dois e são plantadas quatro àrvores! Oferece à tua Mãe e ao teu Pai. Oito àrvores. À tua Irmã. Dez. Aos teus Avôs. dezoito. Aos teus Primos. Trinta. Aos teus Tios. Quarenta e duas àrvores. Compra mais quatro para um presente de ti para ti e então, nesse gesto cinquenta árvores plantadas.

Nem pensas mais no assunto. Eu sou uma querida e trato dos embrulhos. Todos vão ficar contentes e vais poupar bastante em relação ao ano passado. Melhor de tudo. Vais ser culpado pela plantação de cinquenta àrvores! Quem não é culpado, também não é merecedor, já sabes, meu querido.

Uma excelente ideia, eu sei.

Beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *