Resenha

RESENHA DO LIVRO || NO BUNKER DE HITLER

Olá Nossos Devanienses!

 

Resultado de imagem para no bunker de hitler livro

 

Primeiramente, Produção mais linda tragam, por gentileza, os CheeseBurgers da Francisca e àgua para mim.

A Editora Guerra e Paz teve a gentileza de me mandar o livro “No Burker de Hitler” de Joachim Reich no mês de Agosto. Como escrevemos no artigo “Se não mudas isto, nada muda”,o ambiente no qual estamos inseridos infuência muito a realização das nossas tarefas. O livro é muito simples de ser lido. Muito interessante. Não faria sentido, caso não fosse o meio onde estava inserida, ter demorado tanto. Finalmente acabei-o.

Hitler. Maldito Hitler. Como eu sou a Louca dos Signos, tenho de começar por ai. Hitler nasceu no dia 20 de Abril de mil oitocentos e oitenta e nove, ou seja, é nativo do Sol em Touro. Francisca, eu sei que é o meu Signo e não te rias. Ou seja, só mostra que Hitler era ambicioso, teimoso e de ideias fixas.

 

Resultado de imagem para no bunker de hitler joachim fest

 

Sempre fui fascinada pela Segunda Guerra Mundial, em querer saber mais e mais sobre o tema. Como é que é possível tal ter acontecido? Devido a isto, o livro chamou a minha atenção. Gostaria de tentar entender o que não dá para entender. Após a leitura, entendo um pouquinho da cabeça de Hitler. Com o seu Sol em Touro, perante a derrota que ele sempre soube que ia ter, o desfecho foi o mais “lógico”.

Quer dizer que, como Taurina sei que é bem difícil aceitar uma derrota ou um fracasso, principalmente sendo o que mais queremos na vida. Sinceramente, poderia ter feito isso antes da Guerra começar.

Não sabia que Hitler dizia que os Alemães eram fracos, quando sempre estudei que ele próprio defendia a raça Ariana. É um livro bastante cativante. No ambiente certo dá para ler em pouquíssimos dias. Pois é muito interessante, com material muito instrutivo. Ideal para quem quer saber mais sobre o que se passou.

 

Resultado de imagem para no bunker de hitler joachim fest

 

Hitler morreu com cinquenta e seis anos e dez dias, do jeito que planeou há muito tempo. Ele quis afundar o Mundo com ele e, duma certa forma, conseguiu. Talvez fosse este este o seu objectivo maior. Agora estou com dúvida se ele realmente fracassou. Esse é um dos pontos interessantes do livro: Faz pensar.

Através do livro, podemos concluir que Hitler morreu feliz. Como é possível alguém tão mau e maquiavélico morrer feliz?

Mas é um livro que aumenta bastante a nossa cultura, nem que seja, pelo facto referido anteriormente: faz pensar.

Beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *