Texto Pessoal

O VI E A CA || TEXTO PESSOAL

Olá Nossos Devanienses!

 

Amor, Dia dos namorados, Romântico, Coração, Vintage, Velho

 

Tu apareceste de repente. Cantaste uma música só para mim. Uma música encantada. Escrita por ti. Eu sorri. Deste-me um selinho, sorriste e fingiste que ias embora.

-Então, Vi, o quê que tu queres?, sorri.

Nem eu sei o que quero. Voltaste. Tu sorris como as criancinhas de vinte anos. Pois, tu tens vinte anos. Leonino. Pedes para tirarmos uma fotografia juntos. Vamos fingir que somos Namorados nas Redes Sociais. As tuas fãs vão-se passar.

 

Pôr do sol, Beijo, Casal, Amor, Romance, Romântico

 

-Vamos tirar uma fotografia que mostre que só estou contigo por interesse, Vi.

Saliento a raba numa pose, levanto a cabeça para olhar para ti nos olhos, pois és bem alto. Pisco o olho e ponho a língua de fora. Tu inclinas-te e pões a tua de fora também. Um Colega meu tira a fotografia.

-Eu coloco a tua legenda, Vi. Tu colocas a minha.

“Se o sonho fosse magia, tu serias a minha Fada Madrinha. Vem, Ca. Fica, Ca.”

Ele escreveu simplesmente “Vi” e colocou um coração.

 

Vinho Tinto, Óculos, Lareira, Vermelho, Vinho, Álcool, Bebida

 

-Vi, marca-te. Na tua fotografia, marcas-me na segunda.

Tiramos mais uma fotografia com o maior sorriso. Colocamos a legenda igual.

“O Vi é a vadia da Ca e a Ca é a vadia do Vi.”.

“A Ca é a vadia do Vi e o Vi é a vadia da Ca.”.

Rimo-nos com complicidade. Convidas-me para jantar.

-Sim. Vem-me buscar às dezassete, Vi.

-Sabes que não falho, Ca.

Um abraço bem forte.

-Vi, tenho frio. – faz um ar triste.

Tu tiras a camisola. Tens uma t-shirt por dentro. Eu cheiro e visto.

-Vi, parece que o teu coração ficou aqui.

-Ca, não tens de devolver. Dorme com ela. Lembra-te de mim. Sempre.

Sorris e sais.

Beijinhos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *