Sociedade

VEGETARIANISMO || NÃO É UMA MODA

Olá Nossos Devanienses!

 

 

Este comentário surgiu no nosso artigo sobre as más ideias sobre o Vegetarianismo . Vamos desmistificar este comentário em conjunto. Num primeiro passo, é mais do que óbvio que a pessoa em questão não leu o artigo antes de comentar. Não custa nada ler antes de comentar. Evita muita coisa. Muita coisa mesmo.

“Poupem-me, voces não querem saber do que é bom para o negócio.”. Segundo o artigo que a pessoa não leu ” A empresa, no caso, o restaurante não é obrigado a mudar a sua forma de trabalho só porque a população está a mudar.”. “É bom para o negócio, não só porque o número de Vegetarianos e Veganos estás a aumentar como essas opções normalmente são mais caras.”. “Infelizmente, a mudança e evolução da alimentação humana é um negócio rentável para outros. É a lei da vida. O que é bom para uns, é melhor para outros. Não é errado, nem certo. É normal. É uma coisa bem banalizada. Não passa disso. Os restaurantes Veganos e Vegetarianos têm ainda mais sucesso, a todos os níveis, do que os tradicionais. E são caros.”. Esclarecidos até este ponto, principalmente para JF?

Esperemos que sim. Transcrevemos com erros. Tu quando vais a um restaurante pensas no que é bom para o negócio ou o que é bom para satisfazer o teu apetite? Pensa com carinho.

 

Resultado de imagem para vegetarianismo

 

“Querem que os outros se conformem à vossa moda.”. Meus queridos, lá por falarmos de Vegetarianismo no nosso Blog não quer dizer que sejamos ou não. Uma coisa é o nosso trabalho, outra é a nossa vida pessoal. Eu posso falar de bananas, mesmo não gostando, não posso? Posso mostrar receitas ou por não gostar de banana é errado? Falar sem bases é tão banal…

O artigo foi realizado para explicar falsos conceitos. Os Vegetarianos não comem peixe. Os Semi-Vegetarianos comem peixe. Não é o mesmo. Há quem confunda. Só isso. Gostamos que o nosso trabalho seja útil.

Falando de conformar. Não, nenhum Vegetariano quer que tu vires Vegetariano. A saúde é tua. O problema é teu. O ser humano é dos poucos animais que precisa de carne. Comeres carne ou não é indiferente. Não estamos a falar do tabaco que prejudica os não fumadores. Se queres comer carne, é um problema exclusivamente teu. Estamos entendidos?

 

Resultado de imagem para vegan

 

Bebes leite de vaca? Problema teu. Se estiveste atento na Escola, aprendeste que o melhor leite é o materno. A partir dai é contigo. A carne, o leite de vaca e produtos similares são “alimentos” que a sociedade acha normal habituar-te desde pequeno. O que torna difícil de parar para bem da nossa saúde.

Um ponto muito importante. Até os outros animais têm cancro. Quando comprares um sapato de pele, guarda o talão, pois se eles se estragarem por terem cancro, a loja tem de trocar.

E o Vegetarianismo não é uma moda, mas sim um modo de vida mais saudável e evoluído. Evoluído no sentido que melhora o organismo do seu consumidor. Não és obrigado a acreditar em Adão e Eva, mas eles eram perfeitos e não comiam carne. Pensem nisso com carinho.

 

Resultado de imagem para vegetarianismo não é moda

 

Talvez a pessoa quisesse dizer “querem que as pessoas se conformem ao vosso modo.”. Não, quem tem essa alimentação quer respeito. A pessoa em questão não tem base alguma para usar o termo “vosso”, mas tudo bem. Gostam de falar sem bases.

Respeito significa entenderem que lá por eles não comerem carne, tu não és obrigado a deixar de comer para bem da tua saúde. É difícil de entender esse ponto? Se fores almoçar à residência de alguém Vegetariana, Vegan ou nessa linhagem, é pouco provável que não te vai servir bife. MAS podes comer antes ou depois da refeição. Problema teu.

Vou dar um exemplo mais concreto. Na Escola onde eu estudo, na cantina tem quatro opções: carne, peixe, dieta e Vegetariano. Não és obrigado a ser vegetariano para comeres o menu Vegetariano. Ninguém se queixa por ter a opção Vegetariano.

 

Resultado de imagem para feijão vermelho

 

Tenho um Colega meu que come quase sempre carne. O menu Vegetariano não o atrapalha. É só mais um menu. Escolhemos o que queremos. Não é mais caro, nem mais barato. Não é por comeres o menu Vegetariano que és automaticamente Vegetariano. Raramente, nenhum menu me agrada, principalmente quando se lembram de por feijão vermelho. Eu não gosto, mas não vou fazer um escândalo. Não vou falar mal do feijão vermelho. Não vou dizer que é uma moda. Eu não gosto. Ponto. Vai deixar de existir? Não. Mais sobra para quem gosta. Chill.

Não existe a moda do feijão vermelho, nem a moda do Veganismo. Simples? Muito simples.

 

Resultado de imagem para sushi

 

Quando não gosto de nenhuma das opções, escolho o que acho menos mal. Se gostar da sopa, como duas. Sim, porque se colocarem feijão, não gosto. É a única sopa que não gosto. Caldo Verde e Canja não são sopas. Facto. Em termos de feijão, só gosto do frade e do grão de bico. São paladares. Chill.

Espero que esta situação esteja esclarecido. Eu gosto de sushi, porque o meu paladar gosta. Podem dizer que é moda que não muda nada. É das minhas comidas favoritas e as criticas não mudam nada. Cada um com os seus gostos e cada um com a sua vida.

Beijinhos

6 thoughts on “VEGETARIANISMO || NÃO É UMA MODA

  1. Infelizmente nem toda a gente é como tu, ou como o vegetariano que descreves. Já tive encontros com vegetarianos que têm uma moral muito alta, ou pelo menos eles pensam que sim, e acham que têm o direito de dizer a terceiros o que devem ou não comer.
    Não estou a dizer que toda a comunidade de vegetarianos é assim, felizmente estas pessoas são uma minoria, mas existem para arruinarem um bom almoço de grupo.
    Gostei de ler a tua perspetiva e concordo completamente com o que escreveste.
    Beijinhos
    littlewonderlandxo.blogspot.com

    1. Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
      Que palavras tão lindas! <3
      Nunca tive nenhuma experiência com nenhum Vegetariano assim, até porque não é tabaco, ou seja, não afecta terceiros.
      Lá por comeres, de vezes em quando, algo vegetariano com um Amigo Vegetariano, não muda a tua escolha alimentar. São descobertas, pode ser giro 🙂 Eu escolho muitas vezes o menu vegetariano. Eles fazem um crepe de legumes tão bom na Escola e uma massa com soja e quando fazem tofu é de comer mais. hmmmmmmmm
      Beijokitaz

  2. Tanta aldrabice junta, a pessoa que escreveu isto não percebe nada disto… Enfim… Factos errados, conclusões ridiculas.. eu que sou vegetariana acho isto uma palhaçada

    1. Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
      Está a referir-se a quê em concreto?
      Se são factos, nunca são errados.
      A minha questão é: É mesmo Vegetariana?
      Beijokitaz

  3. Quando o leitor se refere a “Querem que os outros se conformem à vossa moda.” ele não se está a referir ao blog em específico, refere-se aos milhares de vegetarianos/vegans que vemos em todo o lado, seja nas redes sociais ou mesmo na vida real, que tentam impingir a todo o custo o seu estilo de vida nos outros. Quantas vezes não vemos uma publicação no facebook acerca de uma notícia qualquer relacionada com comida que provenha de matéria animal e temos milhões e comentários de vegetarianos/vegans a criticar quem come carne, etc. É horrível! Esse tipo de pessoa tenta com que os outros se sintam mal com a alimentação que têm, por isso, todas as pessoas que partilham da alimentação não proveniente de produtos animais acaba por ser considerada toda igual: pessoas que tentam impôr os seus ideais nas outras.

    E não consigo concordar com esta afirmação “Não, nenhum Vegetariano quer que tu vires Vegetariano.” tendo em conta o que me farto de presenciar. Se calhar há muitos que não querem saber, a minha melhor amiga é vegan e está-se pouco marimbando se eu como carne ou não, mas a realidade é que a maior parte dessas pessoas crítica a “torto e a direito” quem come carne e bebe leite de vaca.

    1. Linda, eu sei que se referiu ao Veganismo, mas isso é um estilo de vida. Cada um sabe da sua, entendes? É nesse sentido. Não é uma moda.
      Quanto às pessoas que tentam impingir, não tem nada a ver com o Vegetarianismo. Nada. Por exemplo, há pessoas que falam mal de outras pessoas e insistem que também tens de dizer mal dessa pessoa. Há Comerciais que insistem para comprares um produto e há Comerciais que respeitam os “não” e tentam mostrar o produto a outra pessoa. Nada a ver com a profissão, mas sim com a pessoa. Faço-me entender?
      Também há milhões de pessoas a criticarem os Vegetarianos e Vegans. É como tudo. Há pessoas que criticam tudo, mas isso depende da educação que receberam e não do seu estilo de vida.
      Por tudo no mesmo saco, não é só no mundo dos Vegan e Vegetarianos, também nos Comerciais. Há bons e maus Comerciais e há quem insista que são todos maus e aldrabões. Não, isso depende da pessoa.
      A frase “Não, nenhum Vegetariano quer que tu vires Vegetariano.” quer dizer que nenhum Vegetariano em si, mas se a personalidade da pessoa é “Todos têm de ser iguais a mim” é diferente. Entendes? Vou tentar explicar melhor. Não é por seres Vegetariana que vai te mudar o chip automaticamente e vais pensar que todos têm de ser iguais a ti. Já eras assim quando comias carne. Usei-te como exemplo, sei que não o és e a escolha é tua ou, simplesmente, como foste habituada a comer carne desde pequena não consegues.
      Quanto a beber leite de vaca, aprende-se na Escola que o melhor leite é o materno, porém desde pequenos que somos habituados a bebê-lo. Mesmo assim, ele só faz bem aos bolsos de quem vende. É um facto. Foi o que a Sociedade sempre nos impingiu. Eu não bebo leite de vaca há anos, mas se tu bebes é um problema teu (não o escrevo de forma agressiva). Se pesquisares bem, sabes disso. Mas é como a carne, entendes? Beber leite de vaca não é como o tabaco que prejudica terceiros.
      Falando da carne, se repares há sapatos de peles que se estragam com o tempo (um deles e o outro fica intacto), isso tem a ver com o cancro de pele dos outros animais (no sentido que o Homem também é um animal). Guardando o talão eles, normalmente, trocam. Ou seja, se usam pele com cancro no calçado, o que achas que tem no talho? Achas que há uma triagem? O Homem é dos poucos animais que não precisa de carne. É mais difícil deixar para uns do que para outros, mas ajuda à saúde deixar.
      Espero que não te sintas atacada, ou seja, que não interpretes mal. Eu estou a deixar aos pouquinhos, ao meu ritmo, já deixei o leite de vaca e é muito bom. Uma vitória. Reduzi a carne e o meu objectivo é ser Semi-Vegetariana (amo sushi, sashimi e derivados – um dos meus pratos favoritos, o outro é lasanha). Seria uma grande vitória para mim e só para mim. Se conseguir, óptimo. Se não conseguir, tentar, por isso, óptimo também.
      Um beijinho <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *