Texto Pessoal

TEXTO PESSOAL || CAMINHA NA NOITE

Olá Nossos Devanienses!

Trago para vocês mais um texto pessoal que se encontra no meu livro “Dois Cinco”.

 

Dá-me a tua tequila e o mel. Dá-me só uma vez. Peço-te pela última vez. Juro amar-te depois. Se eu quiser, claro. Não penso no agora, nem no depois. Sedução e cai tudo aos meus pés. Sei que te dou, sei que me vou. Se posso traduzir em inglês? Querido, prefiro em francês… italiano! Se queres, tenta! Tenta de novo! Oh, mon amour… se eu partir, ficas mal. Se as fotografias ficarem no tempo não podes… (ups) matar. Como apago a dor sem perder o controlo? Esta dor… Tantas vezes tentei dizer-te adeus…. Lembras-te? Só eu, não fui? Estou a envolver-me loucamente e não é amor. Agora perco-me na tua cor. E amanhã? Tequila e mel, claro. Dás-me o que quero, o que queremos? Perco-me em ti. Perdes-te em mim. Palavra. Voz. Que voz dos infernos! Deixa cair a Tequila na pele quente. Deixa. Deixa. Deixa. Vem. Vem. Vem. Tequila e mel. Perdoa-me se isto me deixa louca. És uma loucura, sabias? Uma loucura em mim. Sentes? Formam-se na minha cabeça a pouco e pouco. Um pouco mais.  Mas esta noite eu vou comemorar. Se suicida no desejo. A minha pele. A minha mão que pega nesta caneta e escreve isto. Sabes o que vai acontecer esta noite?

 

Beijinhos

Deixar uma resposta