Quatro Dicas

QUATRO DICAS PARA VIAJAR EM SEGURANÇA

Viajar é sempre muito bom, já que conhecer novos lugares é a forma ideal de tornar-se numa pessoa mais aberta e colecionar histórias para contar pelo resto da vida. No entanto, de certeza que não quer contar para os netos alguma história triste, de episódios que lhe marcaram por serem negativos. Portanto, é importante estar tranquilo de que está seguro em cada passo do seu trajeto.

A Fidelidade Seguros é uma empresa portuguesa que, desde 1810, trabalha pelo bem-estar dos seus clientes portugueses. Atualmente, a sua carteira de serviços inclui seguros para automóveis, habitação, saúde, pets, poupança, viagem e lazer, família e, por fim, sinistros e assistência. Para contactar a linha de apoio ao cliente da Fidelidade Seguros, pode sempre aceder ao portal telefone-numero.com. Através desta página web, também irá descobrir os contactos das linhas de atendimento ao cliente de outras empresas portuguesas, bem como informações sobre o seu funcionamento.

Abaixo listamos 4 dicas que pode seguir para tornar o seu passeio no mais tranquilo possível e, portanto, poder aproveitá-lo de forma despreocupada e plena. Veja só:

1. Não leve ouro consigo

Gosta de usar acessórios de ouro, prata ou algum metal nobre? É melhor pensar duas vezes antes de levá-los consigo para a sua viagem. Além da possibilidade de perdê-los caso os tire do corpo, nunca é bom confiar demais na segurança do lugar aonde vai. Mas se mesmo assim quiser arriscar, pode tentar guardá-los dentro de alguma meia ou peça de roupa mais velha e que desperte pouca atenção nos hotéis ou outras hospedagens por onde passar.

2. Guarde os documentos e o dinheiro em carteiras para a cintura

Primeiramente, é bom não carregar muito dinheiro consigo, já que nunca se sabe o que poderá encontrar pelo caminho. Mas se precisar de levar dinheiro físico, lance mão das carteiras de cintura: os bolsos que pode esconder por debaixo das camisas e nos quais pode levar passaporte, dinheiro, cartões de crédito e débito e tudo mais que for valioso e de pequeno volume. E o melhor: é um acessório barato e que é facilmente encontrado em lojas de desporto, ou de malas e bolsas.

3. Leve consigo apenas o necessário

Para que carregar dois pares de sapatilhas de caminhada, três casacos pesados e um estojo de maquilhagem? Priorize levar consigo apenas o necessário, para não ter de pagar a mais por excesso de bagagem e para não se estressar com roupas que esqueceu ou que podem ter sido furtadas. Menos é mais e, na hora da viagem, esta máxima vale o dobro, porque muitas das vezes voltamos para a casa com as bagagens mais cheias do que fomos.

4. Leve as suas receitas médicas

Se está a tomar algum remédio controlado e não pode pausar o tratamento por alguns dias, peça ao seu médico para lhe escrever uma segunda receita médica na língua inglesa. Desta forma, o profissional do país para o qual for poderá lhe atender melhor, seguindo as recomendações corretamente. E claro, não se esqueça de carregar os seus medicamentos sempre na bolsa de mão, para não arranjar problema com a fiscalização dos aeroportos.

Deixar uma resposta